app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Cidades

Mulheres acampam na pra�a

Cerca de mil mulheres ligadas aos movimentos de sem-terra acampam a partir de hoje na Praça dos Martírios, em Maceió. A atividade faz parte do 3º Acampamento Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais, denominado “Margarida Alves”, em homenagem a líder sin

Por | Edição do dia 06/03/2002 - Matéria atualizada em 06/03/2002 às 00h00

Cerca de mil mulheres ligadas aos movimentos de sem-terra acampam a partir de hoje na Praça dos Martírios, em Maceió. A atividade faz parte do 3º Acampamento Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais, denominado “Margarida Alves”, em homenagem a líder sindical assassinada na década de 80 na Paraíba. Ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MT), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e à Articulação das Mulheres Trabalhadoras Rurais, elas permanecem até a próxima sexta-feira, Dia Internacional da Mulher, acampadas na Capital, quando farão um ato público, às 14 horas, com a participação de mulheres ligadas aos diferentes movimentos da sociedade. Com o tema “Gerando Vida, Semeando a Terra, Construindo a Nova Sociedade”, as mulheres vão defender, durante sua permanência em Maceió, a efetiva implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) e a inclusão das trabalhadoras rurais na habilitação profissional que dá acesso ao cartão SUS, a efetiva implantação da reforma agrária, a garantia de previdência pública e universal às trabalhadoras e trabalhadores rurais, a garantia de política agrícola para atender pequenos agricultores e uma política que garanta documentação e cidadania a todas as mulheres trabalhadoras rurais. Amanhã, elas têm agendadas audiências no Incra, às 9 horas, e com o governador, às 15 horas e, na sexta, participam de encontro com o Conselho Estadual de Direitos Humanos, às 9 horas.

Mais matérias
desta edição