app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Igreja Cat�lica quer reformar cemit�rio

A Igreja Católica quer humanizar e reurbanizar o Cemitério Divina Pastora, no bairro de Rio Novo, em Maceió, que está interditado para sepultamento de corpos de indigentes devido à superlotação e transformá-lo no ‘Parque da Esperança’. Um projeto de const

Por | Edição do dia 24/02/2016 - Matéria atualizada em 24/02/2016 às 00h00

A Igreja Católica quer humanizar e reurbanizar o Cemitério Divina Pastora, no bairro de Rio Novo, em Maceió, que está interditado para sepultamento de corpos de indigentes devido à superlotação e transformá-lo no ‘Parque da Esperança’. Um projeto de construção de um grande mausoléu na entrada do espaço, onde seriam depositadas as cinzas dos mortos, está sendo finalizado, mas já foi adiantado, ontem à tarde, a representantes do Ministério Público Estadual (MPE) e da Prefeitura de Maceió. O próprio arcebispo metropolitano, dom Antônio Muniz Fernandes, fez a explanação e revelou que a intenção é criar, no local, uma espécie de ‘antessala do paraíso’. A proposta visa erguer um portal na entrada do cemitério, onde ficariam os espaços para depósito dos restos mortais de quem não foi reconhecido pela família. “Estamos no Ano Santo da Misericórdia, e um dos gestos é sepultar os mortos. Pensamos em estabelecer dignidade no espaço, que pertence à igreja oficialmente, e cuidar dele. Para isso, desejamos construir o mausoléu, sempre observando os princípios da lei e do meio ambiente, passando pelo saneamento básico, que é o tema da Campanha da Fraternidade deste ano”, disse o arcebispo.

Mais matérias
desta edição