app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5732
Cidades

P�scoa aquece mercado de trabalho

Faltando apenas um mês para a Páscoa, os comerciantes de Maceió já decoram suas lojas com parreiras gigantes, lotadas dos famosos ovos de chocolate. Para o mercado alimentício, essa é a segunda maior data do ano, perdendo apenas para a época natalina. E a

Por | Edição do dia 27/02/2016 - Matéria atualizada em 27/02/2016 às 00h00

Faltando apenas um mês para a Páscoa, os comerciantes de Maceió já decoram suas lojas com parreiras gigantes, lotadas dos famosos ovos de chocolate. Para o mercado alimentício, essa é a segunda maior data do ano, perdendo apenas para a época natalina. E apesar da situação econômica do País, os vendedores estão otimistas em relação às vendas deste ano. A Páscoa sempre foi sinônimo de vendas recordes no segmento alimentício, mas com a retração do mercado brasileiro, várias medidas estão sendo tomadas para que o impacto da recessão da economia seja mínimo no período da Páscoa. As empresas estão investindo em ovos menores e apostando nos produtos mais famosos e que têm saída fácil das prateleiras, para evitar um possível prejuízo. Por outro lado, os comerciantes esperam um aumento em relação ao ano passado e estão muito otimistas. De acordo Suely Almeida, gerente de um estabelecimento comercial situado no bairro do Farol, as parreiras já estão montadas e aguardando os clientes. Ela não acredita que o aumento no preço dos ovos, devido ao reajuste de alguns produtos que fazem parte do processo de criação do alimento, além da gasolina, atrapalhe as vendas. “Esperamos um crescimento de 10% em relação ao ano passado”, estima. Nessa época do ano, as empresas contratam dezenas de funcionários temporários para ajudar nas vendas. É nesse mercado que entram as empresas de recrutamento. Aristella Lemos é psicóloga e trabalha em uma empresa nesses moldes em Maceió. Essas empresas recebem pedidos de outras grandes empresas, contratam funcionários e direcionam para as lojas. É uma terceirização da mão de obra. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição