app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Pardais come�am a multar

A partir de hoje, os fotossensores (apelidados de pardais) instalados pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) em dez pontos de Maceió começam a multar os condutores que forem flagrados cometendo algum tipo de infração. A retomad

Por | Edição do dia 28/02/2016 - Matéria atualizada em 28/02/2016 às 00h00

A partir de hoje, os fotossensores (apelidados de pardais) instalados pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) em dez pontos de Maceió começam a multar os condutores que forem flagrados cometendo algum tipo de infração. A retomada desse método de fiscalização eletrônica do tráfego é defendida pelo órgão sob o pretexto de tentar reduzir a quantidade de acidentes de trânsito nas principais vias da cidade e provocar maior consciência de direção nos condutores. No entanto, há quem conteste, alegando que está próximo de o maceioense ser vítima da chamada ‘indústria da multa’. Os equipamentos estão instalados em três trechos da Avenida Durval de Góes Monteiro (Tabuleiro do Martins), mais três na Avenida Fernandes Lima (Farol), dois na Avenida Menino Marcelo (Via Expressa), um na Avenida Governador Afrânio Lages (Leste/Oeste) e o último no cruzamento entre as avenidas Álvaro Otacílio com a Engenheiro Mario de Gusmão (Ponta Verde). Os pardais vão fiscalizar o excesso de velocidade nas vias, o uso da faixa exclusiva para ônibus, o avanço no sinal vermelho dos semáforos e a barreira eletrônica de velocidade, por meio do uso das lombadas. Por lei, a SMTT não está obrigada a colocar placas de sinalização da presença da referida fiscalização, mas, desde a semana passada, ações educativas foram feitas nos pontos em que os fotossensores foram instalados. A SMTT garante que fez um levantamento e, com base nos resultados obtidos, resolveu tomar a medida de retomada dos pardais nas vias como estratégia de redução de acidentes e mortes no trânsito de Maceió. Entre janeiro de 2014 e janeiro de 2016, foram registrados 4.206 acidentes de trânsito: 346 na Avenida Durval de Góes Monteiro, 237 na Fernandes Lima, 125 na Menino Marcelo, 40 na Álvaro Otacílio e outros 21 na Avenida Governador Afrânio Lages. De acordo com o superintendente da SMTT em Maceió, Tácio Melo, o sistema de boletim de acidentes de trânsito da capital registra aumento de ocorrências justamente nos trechos onde foram instalados os pardais. Os dados mostram onde as colisões estão acontecendo e os horários mais frequentes. O órgão também informa que dispõe da pesquisa de origem e destino domiciliar na qual são destacados os momentos de pico de movimento nessas vias.

Mais matérias
desta edição