app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Cidades

Falta de �gua provoca protesto

Aproximadamente 30 moradores da Comunidade Alto da Boa Vista, no bairro Guaxuma, Litoral Norte de Maceió, interromperam o trânsito na AL-101 Norte, no início da tarde de ontem. Galhos de árvores e pneus foram incendiados para bloquear a rodovia, em protes

Por | Edição do dia 02/03/2016 - Matéria atualizada em 02/03/2016 às 00h00

Aproximadamente 30 moradores da Comunidade Alto da Boa Vista, no bairro Guaxuma, Litoral Norte de Maceió, interromperam o trânsito na AL-101 Norte, no início da tarde de ontem. Galhos de árvores e pneus foram incendiados para bloquear a rodovia, em protesto pela falta de água, registrada há três semanas nas residências locais. O Centro de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar de Alagoas foi acionado e negociou a liberação da rodovia. “Estamos há três semanas sem água. A maioria das pessoas está sem tomar banho, porque temos que subir o morro levando água em baldes para as casas. A maioria aqui não tem condições financeiras para comprar água”, diz Rosilene Lima, presidente da Associação dos Moradores do Alto do Boa Vista. Ainda segundo a líder comunitária, o poço é de propriedade do deputado estadual Dudu Holanda (PSD) e é administrado por um morador local, que recebe a quantia mensal de R$ 20 por casa atendida. “O dono é o deputado Dudu e o rapaz que administra alega que a bomba está quebrada ou que não há água, mas o fato é que há fornecimento para metade da população. A parte de cima recebe água, inclusive alguns moradores possuem até piscina, mas a parte de baixo não recebe nada”, diz Rosilene. Com um bebê de 1 ano nos braços, uma moradora que preferiu não ser identificada alegou que o administrador local, conhecido apenas como “Marco”, ameaça os moradores que denunciam a situação. “Estamos morrendo de sede, a verdade é essa!”. * Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição