app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Cidades

Vigil�ncia Sanit�ria apreende 1.500kg de queijo sem inspe��o

Técnicos do Serviço de Vigilância Sanitária Municipal e da Delegacia do Ministério da Agricultura, em Alagoas, aprenderam, na manhã de ontem, 1.500 quilos de queijo mussarela de fabricação clandestina, sem rótulo do Serviço de Inspeção Federal (SIF). A

Por | Edição do dia 16/03/2002 - Matéria atualizada em 16/03/2002 às 00h00

Técnicos do Serviço de Vigilância Sanitária Municipal e da Delegacia do Ministério da Agricultura, em Alagoas, aprenderam, na manhã de ontem, 1.500 quilos de queijo mussarela de fabricação clandestina, sem rótulo do Serviço de Inspeção Federal (SIF). A apreensão ocorreu no primeiro estabelecimento comercial inspecionado durante a operação, num atacadista do Parque Rio Branco. Segundo informações do coordenador da Inspetoria de Alimentos, da Vigilância Sanitária, Ronaldo Pimentel, o produto sem rotulagem representa sério risco à saúde do consumidor. “É um risco à saúde da população por não dispor de data de fabricação, nem prazo de validade”, observou. A equipe de fiscalização também não sabe informar se o queijo mussarela clandestino passou pelo processo obrigatório de pasteurização do leite. Sem a pasteurização, os laticínios podem transmitir, através do leite, doenças como a tuberculose e a brucelose. Falsificação A operação conjunta de fiscalização com o Ministério da Agricultura deverá continuar com o objetivo de recolher todos os produtos clandestinos e suspeitos. Ronaldo Pimentel informou que alguns comerciantes (atacadistas e distribuidores) estão falsificando o rótulo do Serviço de Inspeção Federal. Ele recomenda ao consumidor, não adquirir mercadorias sem rótulos ou com carimbo falsificado. Quinze fiscais participam do trabalho de inspeção.

Mais matérias
desta edição