app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

SMCCU apura aluguel de bancas por dois camel�s

FÁBIA ASSUMPÇÃO A Secretaria Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) instaurou dois processos administrativos para apurar denúncias contra dois ambulantes, instalados no Centro, que teriam alugado suas bancas a terceiros. De acordo com o coorden

Por | Edição do dia 13/06/2003 - Matéria atualizada em 13/06/2003 às 00h00

FÁBIA ASSUMPÇÃO A Secretaria Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) instaurou dois processos administrativos para apurar denúncias contra dois ambulantes, instalados no Centro, que teriam alugado suas bancas a terceiros. De acordo com o coordenador da Fiscalização da SMCCU, Sérgio Vieira, as partes envolvidas serão ouvidas e o processo será encaminhado à Procuradoria-Geral do Município para definir quem terá direito a permanecer com o ponto. Em um dos processos, consta como prova o recibo do aluguel de um dos pontos por R$ 140,00. No outro caso, a locatária pagava R$ 30,00 por semana para o aluguel do ponto e quando não tinha o dinheiro era obrigada a quitar o valor com mercadorias. A descoberta dos pontos alugados foi feita durante levantamento para a nova marcação dos 192 ambulantes cadastrados no centro da cidade. Representantes da Associação dos Ambulantes voltaram a se reunir, ontem de manhã, com técnicos da Secretaria Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU), para discutir a possibilidade de modificação nessa marcação. Segundo o presidente da Associação dos Ambulantes, Laerson Lira, o ordenamento feito pela SMCCU prejudicou alguns ambulantes e tem deixado insatisfeitos alguns lojistas do Centro. “Nossa proposta é que seja feita uma nova demarcação, que atenda às necessidades dos ambulantes”. Lira acusa a SMCCU de ter cadastrado ambulantes que não estavam na listagem da associação. “Vamos entrar com um recurso jurídico para que seja garantido a vaga dos ambulantes que não estavam no local, na hora do levantamento, e manter os que foram cadastrados”.

Mais matérias
desta edição