app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Cidades

PREFEITURA RELOCA AMBULANTES QUE OCUPAVAM A RUA DO COMÉRCIO

Ambulantes estão sendo transferidos para um trecho da Rua Agerson Dantas

Por william makaisy | Edição do dia 11/02/2020 - Matéria atualizada em 11/02/2020 às 06h00

A situação dos ambulantes do centro de Maceió já vem sendo discutida pela população alagoana há algum tempo. Aqueles que vendem seus produtos ou alimentos no centro da capital encontram ali sua única forma de sustento. A Prefeitura de Maceió, com a intenção de facilitar o acesso ao corredor de ônibus, segue desde agosto de 2019 um calendário de reordenamento dos ambulantes do centro de Maceió. Atualmente são disponibilizadas cerca de 44 vagas de cadastro no novo local, das quais 29 já foram preenchidas. O intuito da ação da prefeitura da capital, é, antes de mais nada, uma forma de facilitar o acesso a Rua do Comércio, principal parada de ônibus do centro de Maceió, segundo o secretário adjunto de Segurança Comunitária e Convívio Social. “Existe uma necessidade de retirar o pessoal daquele corredor de ônibus porque estavam dificultando a acessibilidade das pessoas. Eles estavam ocupando parte das calçadas e fazendo com que as pessoas tivessem que caminhar pela rua, que já é bem disputada por ônibus, então o risco para a população era alto, podia gerar acidentes”, explicou Dogival Ferreira. “Nós da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS), estamos dando continuidade a esse calendário desde agosto de 2019. Tivemos fases de conscientização de ambulantes, de busca de locais alternativos para que possam ficar, e chegamos agora na terceira fase, onde pegamos os ambulantes que estavam ali na Rua do Comércio e os reordenamos para uma parte da Rua Agerson Dantas, no centro”, contou. Não há, segundo o secretário adjunto, chance de permanecimento de ambulantes no corredor de ônibus do centro da capital. “No corredor de ônibus não há possibilidade de permanecimento de ambulantes, todos os que estavam ali foram retirados. Através da nossa orientação todos saíram de lá e foram para o local que apontamos, e os que não foram, procuraram outros locais que ainda não foram proibidos pela prefeitura de Maceió”, afirmou Dogival Ferreira.

CADASTRO

Visando facilitar a mudança e o controle do número de ambulantes, já está em prática o cadastro dos ambulantes, feito pela Prefeitura de Maceió, e que possibilita que eles migrem até o novo ponto, onde fica permitido a venda de seus produtos. Cerca de 44 vagas são disponibilizadas, entre elas, 29 ambulantes já foram cadastrados e se voluntariaram a irem para o novo ponto de vendas, que fica na Rua Agerson Dantas, restando 15 vagas para os que possuírem interesse. “A forma de cadastro que usamos está aberta. Aqueles ambulantes que trabalham no centro de Maceió e possuem interesse em ir para o novo ponto precisam apenas se dirigir até a Secretaria Municipal De Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS) para que possamos realizar o cadastro. Após o cadastro eles vão para um local padronizado, com guarda-sol e tudo que se pede. Eles contarão com o apoio da prefeitura”, reforçou o secretário, que completou: “é bom reforçar que estaremos com esse serviço por apenas mais 15 a 20 dias, ou, até o preenchimento das vagas, que caso ocorra, encerraremos o processo.” Ainda segundo o secretário, apesar de até o momento a Rua Agerson Dantas ser o único local para realocamento, a prefeitura de Maceió está procurando novos pontos que facilitem a vida dos alagoanos.

* Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição