Nº 0
Cidades

VÍTIMA DE ACIDENTE AGONIZA NO HGE Á ESPERA DE CIRURGIA

Josival Bernardo já foi transferido quatro vezes para outro hospital, mas procedimento não foi realizado

Por Paula Berle | Edição do dia 14/02/2020 - Matéria atualizada em 14/02/2020 às 09h59

Familiares de Josivaldo Bernardo da Silva denunciam que há duas semanas ele agoniza à espera de uma cirurgia. Sem resposta do Hospital Geral do Estado e uma ação concreta do Estado, o paciente enfrenta uma peregrinação pelas unidades de saúde de Alagoas. A família divulgou um vídeo nas redes sociais denunciando a situação. Josivaldo foi vítima de um acidente de moto e aguarda uma cirurgia há treze dias. Ele sofreu um acidente no dia 3 de fevereiro, no bairro da Ponta Verde, quebrou a perna direita em dois lugares e deslocou a perna esquerda. A esposa, Angélica, informou que desde então ele está sendo submetido a transferências entre o HGE e o Hospital Paulo Neto. Ela informou que durante a semana, ele foi enviado para o Paulo Neto pela primeira vez com a promessa de que lá aconteceriam os procedimentos cirúrgicos necessários, mas, chegando à unidade, foi constatado que havia também uma lesão cervical e a cirurgia só poderia ser feita do HGE. Josival foi, então, submetido a mais uma viagem para o hospital geral. Em meio às indecisões Angelica afirma que o paciente já enfrentou quatro transferências de um hospital para o outro e está prestes a passar por mais uma na noite de quinta-feira (13) “A enfermeira informou apenas que no HGE irão resolver o que fazer com ele. Na outra noite em que ele estava lá, ficou pelos corredores do hospital”, afirma. Revoltada com a situação ela resolveu gravar um vídeo denunciando o caso “A Paulo Neto está querendo devolver ele para o HGE porque aqui também não tem leito, essa é a situação da saúde pública do Estado”, lamenta nas imagens.

QUEIXAS SE ACUMULAM

Nesta mesma semana, a Gazetaweb apresentou uma denúncia feita por um paciente em situação de emergência com um caso grave de cálculo renal, que aguardava uma vaga para a realização dos tratamentos necessários para o seu caso. Desde o último sábado (8), José Barbosa está internado na unidade de saúde e espera a assinatura do médico responsável pelo caso em uma ficha de solicitação de transferência. Nesta quinta-feira (13), o paciente informou que segue no HGE sem receber o atendimento adequado.

Mais matérias
desta edição