app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

CASAL DE IDOSOS DE 92 E 85 ANOS SE CURA DO CORONAVIRUS

.

Por LUAN OLIVEIRA ESTAGIÁRIO | Edição do dia 15/04/2020 - Matéria atualizada em 16/04/2020 às 11h14

Após 65 anos juntos, o casal Jovino Feitosa, de 92 anos, e Zélia Feitosa, de 85, passou por um novo desafio na companhia um do outro: os dois foram diagnosticados com o novo coronavírus, ambos no grupo de risco da doença, e conseguiram se curar. Ontem, eles passam o tempo juntos no apartamento em que moram na capital alagoana, seguindo orientações médicas de isolamento social. Zélia foi a primeira a ser diagnosticada, no último dia 31, quando foi levada pelo neto para o Hospital Memorial Arthur Ramos devido a uma infecção na perna. Após ser constatado o que os médicos acreditaram ser uma pneumonia, exames para Covid-19 foram solicitados. O resultado do Laboratório Central de Alagoas (Lacen-AL) acusou negativo, mas outros dois testes confirmaram a doença. Ela chegou a passar dois dias internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não precisou ser entubada. Após uma recuperação que impressionou a equipe médica, Zélia voltou para casa, onde foi orientada a ficar em isolamento. Logo após o seu exame positivo, os familiares correram para conseguir testes para o cônjuge Jovino, que também foi diagnosticado com a doença. Com fibrose pulmonar, doença que enrijece o órgão e dificulta a respiração, o possível quadro dele preocupou os familiares. Jovino sequer chegou a ser levado para um hospital, contudo, passou alguns dias em home care com sintomas amenos e foi dado como curado pela equipe médica por volta do mesmo período que a esposa.

“Na verdade, eles não conseguem entender a gravidade do vírus”, disse o empresário Sérgio Feitosa, neto do casal. Apesar da cura, os dois estão em isolamento no apartamento em que moram, seguindo as recomendações dos médicos. Ele também está em isolamento junto dos avós, mas não apresenta sintomas da doença.

Mais matérias
desta edição