app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

NÚMERO DE MORTES POR COVID-19 EM AL TEM QUEDA DE 15,4% EM JULHO

Estado se aproxima dos 60 mil casos confirmados da doença e registra total de 1.567 óbitos

Por regina carvalho | Edição do dia 01/08/2020 - Matéria atualizada em 31/07/2020 às 21h47

Alagoas tem, oficialmente, 59.725 casos do novo coronavírus e um total de 1.567 óbitos. Somente nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 749 pacientes com a doença e 13 mortes. Estão recuperadas 51,7 mil pessoas e há 1,1 mil casos em investigação laboratorial. As informações foram atualizadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), na sexta-feira (31). Na comparação entre os meses de junho e julho, houve uma redução de 15,4% no número de mortes e de 7,3% no número de novos infectados. Em junho, foram registrados 25.674 casos da doenças, contra 23.796 em julho. Já o total de óbitos em junho foi de 609 e em julho caiu para 515. Quase 90% dos municípios alagoanos têm óbitos confirmados do novo coronavírus, seguem sem registro de mortes apenas: Água Branca, Carneiros, Chã Preta, Dois Riachos, Igaci, Jaramataia, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olho d’Água do Casado, Pariconha e São Brás. Os dados do boletim epidemiológico apontam ainda que, dos óbitos das últimas horas, quatro vítimas eram residentes em Maceió e todas eram do sexo masculino, tinham 63 anos, 67, 83 e um de 61 anos. Outras nove eram do interior do Estado, sendo quatro homens e cinco mulheres, dos municípios Barra de Santo Antônio, Campo Grande, Rio Largo, Marechal Deodoro, Arapiraca, São Sebastião e Maravilha. Os casos confirmados estão distribuídos em 102 cidades, sendo Maceió com um maior número, 22,3 mil, seguido de Arapiraca com 5,1 mil e Marechal Deodoro, que se aproxima de 2 mil notificações. Até ontem foram confirmados 1.567 óbitos por Covid-19 em Alagoas, mas, oito deles, eram de pessoas (seis homens e duas mulheres) residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia. Dos 1.559 residentes em Alagoas, 884 eram do sexo masculino e 675 do sexo feminino. Eram 723 pessoas que residiam em Maceió e as outras 836 moravam nos demais municípios, sendo 102 delas em Arapiraca e 49 em Rio Largo. Em relação aos leitos exclusivos para tratar pacientes, dos 1.326, mais de 400 estavam ocupados até as 17h da última quinta-feira (30/07), o que corresponde a 33% do total. Atualmente, 157 pacientes estão em leitos de UTI, 9 em leitos intermediários e 267 em enfermaria. As informações são da Sesau.

Mais matérias
desta edição