app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Cidades

Vigil�ncia Sanit�ria adia opera��o para identificar esgoto irregular

A operação de tamponamento de esgotos clandestinos ligados à rede de água pluvial, em Maceió, que seria iniciada ontem, terminou não acontecendo, como estava programado. O motivo, segundo alegaram os fiscais da Vigilância Sanitária, responsável pela ident

Por | Edição do dia 02/04/2002 - Matéria atualizada em 02/04/2002 às 00h00

A operação de tamponamento de esgotos clandestinos ligados à rede de água pluvial, em Maceió, que seria iniciada ontem, terminou não acontecendo, como estava programado. O motivo, segundo alegaram os fiscais da Vigilância Sanitária, responsável pela identificação dos imóveis que estão irregulares, foram as chuvas que caíram na manhã de ontem, na capital alagoana. A equipe da Vigilância Sanitária ainda saiu às ruas para iniciar os trabalhos, mas quando começou a chover as atividades foram suspensas e, mesmo com a parada das chuvas, ainda no meio da manhã, o trabalho não teve continuidade e foram adiados para hoje. Os fiscais da VS foram identificar as galerias de esgotos das ruas Hélio Pradines e Sandoval Arroxelas, na Ponta Verde, mas tiveram de deixar o serviço pela metade. “Infelizmente, só vamos continuar os trabalhos amanhã (hoje), percorrendo essas mesmas ruas”, informou Abenilton, um dos responsáveis pela etapa de identificação dos imóveis com esgotos irregulares. A operação é uma parceria entre a Superintendência Municipal de Urbanização (Somurb), Instituto do Meio Ambiente (IMA), Vigilância Sanitária e Companhia de Abastecimento de Água e Saneamento de Alagoas (Casal). Após essa fase de identificação, os imóveis serão notificados e se não regularizarem a situação, será feito o tamponamento dos esgotos clandestinos.

Mais matérias
desta edição