app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

CRESCE NÚMERO DE USUÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE EM ALAGOAS

Durante a pandemia de Covid, em Alagoas, houve aumento de 1% do número de usuários de plano de saúde quando se comparam os meses de fevereiro do ano passado e de 2021, respectivamente 365,7 mil e 369,4 mil. Os dados foram levantados pela Agência Nacional

Por regina carvalho | Edição do dia 07/04/2021 - Matéria atualizada em 06/04/2021 às 22h44

Durante a pandemia de Covid, em Alagoas, houve aumento de 1% do número de usuários de plano de saúde quando se comparam os meses de fevereiro do ano passado e de 2021, respectivamente 365,7 mil e 369,4 mil. Os dados foram levantados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e divulgado no início desta semana. No Nordeste, os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Piauí registraram aumento do número de beneficiários de planos de saúde. Segundo a ANS, em todo o Brasil, no mês de fevereiro, o setor manteve a tendência de crescimento e registrou 47.768.176 usuários em planos de assistência médica e 27.375.901 em planos exclusivamente odontológicos. Em Alagoas – que entre os estados nordestinos que tiveram aumento de usuários de planos teve o menor percentual de adesão - há 125,7 mil do tipo plano individual ou familiar; 2.343,4 mil coletivo e 177,1 mil coletivo empresarial. “Nos planos médico-hospitalares, houve incremento de 731.343 beneficiários – o equivalente a 1,55% de aumento – em relação a fevereiro de 2020. O aumento ocorreu em todas as modalidades de contratação – individuais ou familiares, coletivos empresariais e coletivos por adesão – e é o maior registrado desde dezembro de 2016 - antes disso, foi superado em novembro de 2016, quando foram registrados 47.783.542 beneficiários”, informa publicação da ANS. Em relação ao plano odontológico, eram 274,7 mil em fevereiro de 2020 e subiu para 279,7 mil este ano, um aumento de 1,8%. Segundo a ANS, entre os estados, no comparativo com fevereiro de 2020, o setor registrou aumento de beneficiários em planos de assistência médica em 20 unidades federativas, sendo Minas Gerais, São Paulo e Goiás os que tiveram o maior ganho de beneficiários em números absolutos. Entre os odontológicos, 24 unidades federativas registraram aumento no comparativo anual, sendo São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco os estados com maior crescimento em números absolutos.

Mais matérias
desta edição