app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Cai n�mero de acidentes nas rodovias de Alagoas

O número de acidentes com vítimas e o total de mortos nos trechos das rodovias federais que passam no território alagoano apresentaram redução, neste fim de ano, em relação ao mesmo período do ano passado. O resumo da Operação de Férias, iniciada em 15 de

Por | Edição do dia 29/01/2004 - Matéria atualizada em 29/01/2004 às 00h00

O número de acidentes com vítimas e o total de mortos nos trechos das rodovias federais que passam no território alagoano apresentaram redução, neste fim de ano, em relação ao mesmo período do ano passado. O resumo da Operação de Férias, iniciada em 15 de dezembro pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra um saldo de 167 acidentes, dos quais 67 com vítimas e 8 mortes. No mesmo período, entre o final de 2002 e início de 2003, dos 168 acidentes registrados, 74 foram com vítimas e 12 pessoas morreram. De acordo com o inspetor Soares, responsável interino pelo setor de Policiamento e Fiscalização da PRF em Alagoas, as operações são intensificadas nesse período por causa do aumento do fluxo de veículos nas rodovias nacionais, principalmente do Nordeste, que recebem uma grande quantidade de turistas. Na semana passada, até um helicóptero foi utilizado na operação. “Fiscalizamos itens como situação do veículo, documentação, porte de arma e verificamos, com ajuda do helicóptero, veículos parados em locais suspeitos, que podem ser indicativo de articulações para assaltos ou outros crimes”, explica o inspetor Soares. De 15 de dezembro a 27 de  janeiro, segundo ele, foram fiscalizados 18.143 veículos, cerca de  40% a mais que o ano passado,  quando foram fiscalizados 12.725  automóveis. As notificações também aumentaram bastante, de 2.288, para 3.914, o que dá mais de 71% de acréscimo. Ainda de acordo com o quadro-resumo da PRF, 280 veículos ficaram retidos durante a operação deste ano, e apenas quatro foram recuperados pelos donos. Foram detidas sete pessoas e apreendidas três armas durante a operação.

Mais matérias
desta edição