app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Estado ter� R$ 20 milh�es para investir em avenida

FÁTIMA VASCONCELLOS O superintendente da SMTT, Francisco Beltrão, anunciou que o Ministério dos Transportes assegurou recursos da ordem de R$ 20 milhões para investimentos na Avenida Fernandes Lima. “O dinheiro será para recapeamento da via, retorno de q

Por | Edição do dia 05/02/2004 - Matéria atualizada em 05/02/2004 às 00h00

FÁTIMA VASCONCELLOS O superintendente da SMTT, Francisco Beltrão, anunciou que o Ministério dos Transportes assegurou recursos da ordem de R$ 20 milhões para investimentos na Avenida Fernandes Lima. “O dinheiro será para recapeamento da via, retorno de quadra eliminando os atuais retornos pela lateral esquerda da pista e criação de baías para ônibus. Vamos ouvir a população para ampliar o leque de propostas”, disse. Ele alerta que é urgente provocar a sociedade para pensar alternativas que favoreçam fluidez na Avenida Fernandes Lima. “Trata-se da via de maior demanda de veículos da capital. Por ali passam quatro mil automóveis por hora, sendo registrado também alto índice de colisões. Como se trata de uma via municipalizada, portanto, está sob o nosso domínio, o próximo desafio é elaborar um plano para otimizar o trânsito no local”. Ele adiantou que vai realizar uma sessão pública, em março, para debater a questão, ouvindo sugestões dos moradores, empresários e pessoas que trabalham nas imediações, lideranças de classe e povo, em geral, para um plano de mudanças na avenida. “Estamos levantando dados detalhados sobre os tipos de acidentes mais freqüentes, as principais queixas dos usuários, as alternativas mais viáveis e vamos apresentar o quadro real dessa via para que as pessoas tomem atitudes concretas, pensando conosco sobre a necessidade de se fazer alguns ajustes”, frisou Beltrão. De acordo com Beltrão, a Polícia Rodoviária Federal e o Departamento Estadual de Trânsito estão desobrigados de monitorar a Fernandes Lima, já que é uma via municipalizada, mas qualquer sugestão da parte de ambos também será terá boa acolhida, assim como do Batalhão de Policiamento de Trânsito. “Ali o trânsito é lento não só por causa dos caminhões. Esses são apenas agentes agravantes. Podemos estabelecer que circulem na via em horários que não atrapalhem o fluxo dos demais veículos”, enfatizou.

Mais matérias
desta edição