app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Cidades

Sai edital com mudan�as para a Sa�de

A Secretaria de Administração publicou, ontem, no Diário Oficial, as alterações feitas no edital do concurso da Saúde, que foi retificado após sofrer diversas críticas por parte dos sindicatos dos trabalhadores e de entidades da área da Saúde, entre elas

Por | Edição do dia 09/04/2002 - Matéria atualizada em 09/04/2002 às 00h00

A Secretaria de Administração publicou, ontem, no Diário Oficial, as alterações feitas no edital do concurso da Saúde, que foi retificado após sofrer diversas críticas por parte dos sindicatos dos trabalhadores e de entidades da área da Saúde, entre elas o Conselho Regional de Medicina (Cremal). A única modificação no sistema de avaliação do certame foi na prova de títulos, que acontece somente para os candidatos de nível superior e especifica a pontuação dos títulos que o candidato precisa apresentar, onde foi separado os termos especialização e especialista, que são coisas distintas. As principais retificações nos cargos foram as seguintes: bioquímico passa a ser exigido o curso superior em Farmácia-Bioquímica; farmacêutico, formação em Farmacologia; médico neonatologista, especialização em pediatria/neonatológiga; psicólogo, curso superior em Psicologia; e motorista, além de nível fundamental, possuir habilitação, categoria C,D ou E. As entidades da área de Saúde também exigiram da Secretaria de Administração que fossem realizadas alterações no conteúdo de assuntos exigidos no edital anterior. Os principais itens são dos cargos de nível superior, principalmente, de médico. O concurso oferece 2.577 vagas na Secretaria de Saúde (Sesau) e Fundação Universitária de Ciências de Saúde de Alagoas Governador Lamenha Filho (Uncisal). Estão sendo ofertados cargos nos níveis superior, médio e fundamental, para as regionais de Maceió e Arapiraca, com vencimentos que variam de R$ 230,00 a R$ 824,84. As inscrições vão até o próximo dia 30.

Mais matérias
desta edição