app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Cidades

Prefeitura vai limpar terrenos baldios para evitar mosquito

O efetivo combate da Prefeitura Municipal de Maceió ao mosquito da dengue, com a identificação e destruição dos seus possíveis criadouros, realizado até então com um tratamento intradomiciliar, vai receber um reforço conjunto com uma campanha que será r

Por | Edição do dia 10/04/2002 - Matéria atualizada em 10/04/2002 às 00h00

O efetivo combate da Prefeitura Municipal de Maceió ao mosquito da dengue, com a identificação e destruição dos seus possíveis criadouros, realizado até então com um tratamento intradomiciliar, vai receber um reforço conjunto com uma campanha que será realizada pelas secretarias municipais de Saúde e de Proteção ao Meio Ambiente e as superintendências de Limpeza Urbana (Slum) e de obras e Urbanização (Somurb). Será iniciado, amanhã, um mutirão de limpeza nos terrenos baldios da parte baixa da cidade que compõem o Primeiro Distrito Sanitário, nos bairros que contornam a orla marítima, considerados mais vulneráveis à reprodução do Aedes aegypti. Segundo a diretora do Departamento de Saúde, Audiney Loureiro, a estratégia de não apenas realizar o trabalho de tratamento residencial começou realmente com o cadastramento que está sendo feito pela Slum, com base em informações da Secretaria Municipal de Finanças, para a identificação de proprietários de casas e terrenos. O trabalho de rotina será feito por meio da limpeza de todos os terrenos de Maceió, sejam eles públicos ou privados. “A partir desse trabalho de limpeza, será feita a notificação seguida de multa e encaminhada à residência do proprietário, porque não adianta a gente fazer só o trabalho intradomiciliar, conscientizar a população na sua casa, mas ela ter ao seu lado um terreno ou uma residência abandonada, cheia de criadouros”, explicou Audiney. A diretora do Departamento de Saúde da SMS afirmou que já pode contar com a parceria da população para as novas ações.

Mais matérias
desta edição