app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

MORADORES PEDEM SOLUÇÕES PARA BAIRROS AFETADOS POR MINERAÇÃO

Protesto foi realizado em ruas de Bebedouro para cobrar celeridade nas indenizações

Por thiago gomes | Edição do dia 30/04/2021 - Matéria atualizada em 30/04/2021 às 04h00

Um grupo de moradores fechou, no começo da manhã desta quinta-feira (29), o movimentado cruzamento entre a Ladeira Professor Benedito Silva e a Rua Marquês de Abrantes, no bairro de Bebedouro, em Maceió. Eles cobraram celeridade na resolução dos problemas causados pela mineração na localidade. Após algumas horas, as vias foram liberadas. Com faixas e cartazes cobrando providências em meio a uma série de questões que surgiram após a instabilidade do solo, os manifestantes impediram o fluxo de veículos em todos os sentidos, gerando um grande congestionamento na região. O ato estava marcado para começar às 8h, mas, desde o começo da manhã, os moradores já se concentravam naquele trecho. Representantes da comunidade utilizaram um carro de som para apresentar as razões do movimento à sociedade e cobrar, nos discursos, soluções imediatas para amenizar o sofrimento provocado pela extração de sal-gema pela empresa Braskem. Parte dos que estavam protestando ainda buscavam a indenização pelos danos materiais aos imóveis. Muitos tiveram que deixar as casas, por orientação das autoridades de Defesa Civil, com o agravamento das rachaduras nas paredes e no piso destas residências. Integrantes do Centro de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) e agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) foram acionados para negociar a liberação das vias e atuar no controle do tráfego.

A Defesa Civil de Maceió informou que está estudando a situação dos imóveis do local e se há ligação com os problemas do afundamento do solo. Ainda na manhã desta quinta, uma reunião entre o GGI dos Bairros, Defesa Civil de Maceió, comissão moradores do Flexal, em Bebedouro, e de outras instituições deve ocorrer para tratar do assunto.

VERSÃO DA BRASKEM

A Braskem tem mantido diálogo permanente com as autoridades públicas, na busca das melhores soluções para os moradores e comerciantes atendidos pelo Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação. A empresa vem cumprindo o acordo assinado em janeiro de 2020 e todos os dados vêm sendo apresentados às autoridades.

A Braskem respeita o direito de manifestação pacífica e reitera seu compromisso com a segurança dos moradores.

Mais matérias
desta edição