app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, Maceió tem 4,8 mil casos suspeitos da Covid, o que representa 49,2% do total em investigação de casos em Alagoas, de acordo com boletim

INCIDÊNCIA DE COVID EM MACEIÓ É MAIOR NA FAIXA ENTRE 30 E 39 ANOS

Mais de 17,2 mil pessoas nessa faixa etária residentes na capital foram infectadas pelo coronavírus

Por Regina Carvalho | Edição do dia 06/05/2021 - Matéria atualizada em 06/05/2021 às 04h00

Dados atualizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Maceió mostram que a faixa etária com mais casos confirmados de Covid na capital alagoana é dos 30 aos 39 anos. Mais de 17,2 mil pessoas residentes na capital foram infectadas pelo coronavírus, seguido dos 40 aos 49 anos, com 14,3 mil. Respectivamente, esses grupos representam 25% e 20% do total de notificações da doença.

Ainda de acordo com a SMS, em relação aos óbitos de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Covid, segundo sexo e faixa etária, foram 1,1 mil homens e 939 mulheres, com a concentração dos casos na faixa etária de 70 anos acima e sexo masculino. Das mais de 2 mil mortes por Covid de pessoas residentes em Maceió, 603 tinham até 59 anos, que corresponde a 29% do total de óbitos. A doença matou 926 idosos com mais de 70 anos, 44,7% do total de vítimas que não resistiram às complicações da doença, segundo boletim da SMS.

Maceió apresentou, cumulativamente, 68.621 casos confirmados para a Covid-19, sendo 2.071 óbitos de residentes na capital e taxa de letalidade para a doença na última semana de 3,02%

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Maceió tem 4,8 mil casos suspeitos da Covid. É o maior do estado e representa 49,2% do total em investigação em Alagoas.

Mais matérias
desta edição