app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades Em apenas 24 horas, Alagoas registrou 676 novos casos de Covid-19, aponta boletim da Secretaria Estadual de Saúde

COM MAIS 15 MORTES, ALAGOAS CHEGA A 4,5 MIL VÍTIMAS DE COVID-19

De acordo com boletim, o estado tem um total de 185.070 casos confirmados de coronavírus até agora

Por Jamylle Bezerra | Edição do dia 18/05/2021 - Matéria atualizada em 18/05/2021 às 04h00

Alagoas ultrapassou nessa segunda-feira (17), a marca dos 4.500 óbitos por Covid-19, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Em 24h, foram mais 15 registros de mortes e 676 novos casos da doença. Há, ainda, 11.572 casos em investigação laboratorial. De acordo com o boletim, o estado tem um total de 185.070 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 3.134 estão em isolamento domiciliar. Outros 176.684 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. No total, Alagoas já teve 4.508 óbitos por Covid-19. Das 15 mortes confirmadas no boletim desta segunda, cinco vítimas eram da capital alagoana e dez do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram quatro homens de 41, 66, 67 e 74 anos, além de uma mulher de 70 anos. O homem de 41 não tinha comorbidades e morreu no Hospital Unimed, em Maceió; o homem de 66 anos tinha doença respiratória crônica e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 67 anos era diabético e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 74 anos era diabético, hipertenso e morreu no Hospital Unimed, em Maceió; e a mulher de 70 anos era diabética e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió. Em relação às dez vítimas que residiam no interior do Estado, eram quatro homens de 21, 39, 49 e 73 anos, além de seis mulheres de 42, 54, 65, 71, 73 e 88 anos. O homem de 21 anos morava em Santana do Ipanema, tinha epilepsia, paralisia cerebral e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 39 anos morava em Água Branca, tinha doença respiratória crônica e morreu em seu domicílio; o homem de 49 anos morava em Capela, era obeso, diabético, hipertenso e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 73 anos residia em Matriz do Camaragibe, não tinha comorbidades e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 42 anos morava em Canapi, tinha doença cardiovascular crônica, diabetes e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema; a mulher de 54 anos morava em São Luís do Quitunde, tinha diabetes, hipertensão e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 65 anos morava em Arapiraca, era diabética, hipertensa e morreu no Hospital Medradius, em Maceió; a mulher de 71 anos morava em Anadia, era diabética e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a mulher de 73 anos morava em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional, em Arapiraca; e a mulher de 88 anos residia em Atalaia, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió. Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 4.508 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 4.500 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 2.497 eram do sexo masculino e 2.003 do sexo feminino. Eram 2.068 pessoas que residiam em Maceió e as outras 2.432 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

* Com informações da assessoria.

Mais matérias
desta edição