app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

AL: COVID É UMAS PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE

.

Por regina carvalho | Edição do dia 18/05/2021 - Matéria atualizada em 18/05/2021 às 04h00

A Covid é uma das principais causas de morte este ano em Alagoas. Os dados da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen/AL) mostram que foram 1.788 vítimas de janeiro a 15 de maio em 2021. Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) aponta que todos os 102 municípios alagoanos registraram óbito pela doença. A primeira morte por Covid-19 em Alagoas foi confirmada no dia 31 de março do ano passado: homem de 64 anos, natural do Acre, mas que morava em Maceió. O anúncio foi questionado pelos parentes da vítima, mesmo assim, até hoje consta na relação de óbitos publicada pela Sesau. Ainda de acordo com a Arpen/AL, Alagoas teve de janeiro até o dia 15 deste mês um total de 7.454 mortes, causadas por septicemia, pneumonia, insuficiência respiratória e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), respectivamente com 650; 596; 445 e 124 vítimas. Segundo o levantamento, em 34 vítimas não foi determinada a causa do óbito e 3,8 mil envolve acidentes, assassinatos, câncer, aneurisma cerebral e outras. Boletim epidemiológico da Sesau, atualizado na segunda-feira (17), mostra que Alagoas registrou desde o ano passado – oficialmente – 4.508 pessoas mortas por Covid. Maceió, Arapiraca e Rio Largo concentram mais mortes com 2.067; 365 e 124 vítimas.

Reportagem publicada no fim de abril, na Gazeta de Alagoas, – também a partir de dados da Arpen/AL - aponta que durante o mês passado (até o dia 26) ocorreram 402 óbitos por Covid em Alagoas, uma média de 15,4 mortes por dia. Em 2021, foram 1.455 vítimas da pandemia, que corresponde a 60% do total registrado todo o ano passado.

Janeiro, fevereiro e março tiveram, respectivamente, 226, 278 e 549 vítimas, segundo a Arpen-AL. No ano passado, de acordo com a associação, 2.420 morreram de Covid no estado.

Mais matérias
desta edição