app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades Ao todo, o município de Maceió vacinou 171.300 pessoas com 60 anos de idade ou mais

MACEIÓ É A 1ª CAPITAL A CONCLUIR VACINAÇÃO DE GRUPOS PRIORITÁRIOS

Levantamento divulgado pelo município mostra que o maior público imunizado é dos idosos, seguido pelo dos trabalhadores da saúde

Por Jobison Barros | Edição do dia 19/05/2021 - Matéria atualizada em 19/05/2021 às 04h00

Maceió conclui, nesta quarta-feira (18), a vacinação contra a Covid-19 dos grupos classificados como prioritários no Programa Nacional de Imunização (PNI) e, assim, sagra-se como a primeira capital do País a atingir esta meta Com a imunização dos trabalhadores da limpeza urbana, acima de 18 anos, e da indústria e construção civil, com 35 ou mais, categorias que faltavam serem contempladas no esquema montado pelo Ministério da Saúde, o município já pode avançar com outros objetivos, conforme assegurou o prefeito JHC, nas redes sociais. “Este resultado é fruto de muito empenho e compromisso. Em breve, vamos divulgar o calendário de vacinação em massa. Maceió segue avançando”, escreveu o prefeito. Ao mesmo tempo, a capital vinha vacinando diversas categorias listadas no PNI. Além do público com algum tipo de comorbidade, as gestantes e puérperas de até 45 dias, transplantados, trabalhadores da educação básica e superior, da saúde, das Forças Armadas, do transporte rodoviário, ferroviário, aéreo, portuários e caminhoneiros foram convocados. Até essa segunda-feira (17), de acordo com o site Vacina Maceió, a capital tinha aplicado mais de 306 mil doses de vacinas contra o coronavírus. Ao todo, foram mais de 208 mil maceioenses que receberam a primeira dose e quase 98 mil, a segunda. O maior público imunizado é dos idosos, seguido pela categoria dos trabalhadores da saúde. Ao todo, são 171.300 pessoas vacinadas com 60 anos ou mais e 88.170 profissionais da saúde imunizados. Nesta terça-feira, começaram a ser vacinados trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, a partir dos 18 anos, e trabalhadores da indústria e construção civil, a partir de 35 anos. Já nesta quarta-feira (19), a imunização será ampliada para trabalhadores da indústria e construção civil com 18 anos ou mais. Para efeito de lei, é trabalhador de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos os constituídos pelas atividades e pela disponibilização e manutenção de infraestruturas e instalações operacionais de coleta, varrição manual e mecanizada, asseio e conservação urbana, transporte, transbordo, tratamento e destinação final ambiental adequada dos resíduos sólidos domiciliares e dos resíduos de limpeza urbana. Trabalhadores e catadores de materiais recicláveis da linha de frente do serviço de coleta seletiva do município estão inclusos neste grupo e, também, serão imunizados a partir desta terça-feira (18). Nesta etapa, também são contemplados os trabalhadores da indústria e da construção civil.

DOCUMENTAÇÃO

Para se vacinar, os trabalhadores industriais devem estar atuando em empresas com sede em Maceió e precisam apresentar documento de identificação com foto e CPF, original e cópia de contracheque ou declaração emitida pelo serviço que comprove a situação de trabalhador empregado de empresas industriais ou da construção civil com sede em Maceió. No caso dos trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, será necessária a apresentação de documento de identificação com foto e CPF, original e cópia de contracheque ou declaração emitida pelo serviço que comprove a situação de trabalhador em empresas de limpeza urbana ou manejo de resíduos sólidos situadas em Maceió. Já os catadores de materiais recicláveis precisam estar vinculados às cooperativas que possuem contrato com a Prefeitura de Maceió e serão imunizados mediante a apresentação de declaração que comprove o vínculo (original e cópia), emitida pela direção das cooperativas.

*Com informações da assessoria

Mais matérias
desta edição