app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades A implantação do TáxiGov vai gerar uma economia anual estimada em R$ 8,6 milhões

UNIÃO PREVÊ ECONOMIA DE R$ 1,9 MILHÃO COM APP DE TRANSPORTE

Em Maceió, o aplicativo beneficiará de 7 mil servidores federais de 16 órgãos e instituições, segundo dados do Ministério da Economia

Por Lucas Carvalho | Edição do dia 11/06/2021 - Matéria atualizada em 10/06/2021 às 21h24

O Ministério da Economia (ME) divulgou a realização de quatro licitações para contratar empresas para o fornecimento de transporte administrativo via aplicativo. Essa medida deve atingir mais de 42 mil servidores públicos federais em Goiânia, João Pessoa, Maceió e Vitória e suas respectivas regiões metropolitanas. Em Maceió, a expectativa do ministério é economizar cerca de R$ 1,9 milhão ao ano com o transporte de cerca de 7 mil servidores federais de órgãos como o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (Ifal) e outros 15 órgãos. A economia foi baseada num levantamento que o ministério fez com órgãos interessados em participar da contratação centralizada. A implantação do TáxiGov vai gerar uma economia anual estimada em R$ 8,6 milhões aos cofres públicos. “Em abril, abrimos quatro Intenções de Registro de Preço (IRPs) para saber do interesse dos órgãos públicos federais em participar do processo licitatório. Com este levantamento, comparamos o futuro modelo com o atual e chegamos a este valor de economia”, explica o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do ME, Caio Mario Paes de Andrade. “E com essa diminuição nos gastos de custeio, vamos poder investir em melhores serviços públicos para os cidadãos”, destacou. Para o secretário de Gestão do ME, Cristiano Heckert, “além da economia, outros benefícios do TáxiGov são a transparência, facilidade na gestão do serviço, eficiência e uso de tecnologia. As boas experiências podem e devem ser utilizadas pelo governo. Os servidores vão utilizar praticamente o mesmo serviço que um cidadão utiliza ao solicitar seu transporte via aplicativo”, concluiu o secretário.

O SERVIÇO

O TáxiGov já está presente em 180 órgãos e entidades. Até o momento, a medida já gerou uma economia de mais de R$ 29 milhões e possibilitou o leilão de 137 veículos, que deixaram de ser utilizados pelos órgãos da administração pública. A venda desses carros resultou numa arrecadação de R$ 1,9 milhão. Houve ainda uma redução de 22% no tempo médio de atendimento, devido à digitalização do serviço. Podem participar da licitação empresas ou cooperativas que forneçam serviços para transporte individual de passageiros, ou prestação de serviço de transporte por locação de veículos, com área de atuação nas capitais mencionadas e regiões metropolitanas. Os contratos terão duração de 12 meses, podendo ser prorrogado até 60 meses. Os contratos exigem que os carros tenham quatro portas, ar-condicionado e monitoramento via aplicativo com GPS, entre outros itens.

* Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição