app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades Maceió, 30 de junho de 2021
Buraca enorme na Rua Cabo Reis, no bairro da Ponta Grossa em Maceió. Alagoas - Brasil.
Foto:@Ailton Cruz

CHUVAS CAUSAM ESTRAGOS EM RUAS E DEIXA ÁREAS DE RISCO EM ALERTA

Segundo a Sala de Alerta da Semarh, volume segue dentro do esperado para o período

Por Hebert Borges | Edição do dia 01/07/2021 - Matéria atualizada em 01/07/2021 às 04h00

As fortes chuvas que caíram em Maceió nos últimos dias fizeram diversos buracos em ruas da capital e também colocou os órgãos públicos em estado de alerta. Apesar de não haver registro de acúmulos significativos de água, a cidade possui cerca de 500 áreas com risco de desabamento, espalhadas por todos os bairros. “Chove desde as primeiras horas de hoje, mas ainda sem registro de acumulados significativos, e a Defesa está no monitoramento dos equipamentos. Hoje apareceu a informação que uma barreira havia cedido na Rua Marquês de Abrantes [no bairro de Bebedouro], mas fomos lá e não foi identificado nada”, informou Erik Maia, assessor da Defesa Civil de Maceió. Ele reforça que todas as áreas oferecem risco semelhante e em cada bairro de Maceió, há pelo menos um local com risco de deslizamento, mas o monitoramento segue frequente. Além do risco de desabamentos, as fortes chuvas fizeram buracos em diversas ruas da capital, causando transtornos aos motoristas que circulavam pelas áreas afetadas. A capital segue em estado de observação pela Defesa Civil, que emitiu um alerta por conta das pancadas de chuva. Acumulado até o momento De acordo com a Sala de Alerta da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh/AL), o volume de chuvas em Maceió segue dentro do esperado para o período de tempo em que vem chovendo, tendo acumulado 28.7 milímetros. Os meteorologistas informam também sobre as previsões para os próximos dias. “O esperado é que o tempo continue nublado, com possibilidade de chuvas passageiras para Maceió e boa parte do Estado. No Agreste e Sertão a deve apresentar apenas períodos com nebulosidade”, informou a Sala de Alerta.

Mais matérias
desta edição