app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

TAXA DE CONTÁGIO DA COVID CAI E APONTA PARA QUEDA DE INFECTADOS

Há mais de 20 dias, índice está em 0,79, menor do que a média nacional, que é de 0,95

Por regina carvalho | Edição do dia 22/07/2021 - Matéria atualizada em 21/07/2021 às 22h29

A taxa de contágio do novo coronavírus em Alagoas está há mais de 20 dias em 0,79, de acordo com dados da plataforma Covid-19 Analytics, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Quando menor do que um, aponta para queda do número de infectados. De acordo com o mapa dos estados, Ceará, Sergipe e Paraíba apresentam as menores taxas de contágio do Nordeste, respectivamente, 0,75; 0,72 e 0,71. Apresentam o pior desempenho nesse ponto, o Maranhão com 0,92 e Pernambuco, 0,9, que mais se aproximam de 1.

Se a taxa de reprodução for menor do que 1, cada vez menos indivíduos se infectam e o número dos contágios retrocede. O Rt representa para quantas pessoas, em média, um indivíduo infectado transmite a doença. Segundo o Covid Analytics, as estimativas de Rt são calculadas a partir dos dados de casos e mortes divulgados diariamente. “A boa notícia é que a cobertura dos grupos mais idosos em Alagoas está bastante satisfatória. Sobre o momento da pandemia, é bastante preocupante. Por um lado não estamos vacinando pessoas em quantidade suficiente, tendo vacinado um pouco mais de 30% das pessoas em Alagoas com, pelo menos, uma dose e, entre estas, somente um pouco mais de 11% com duas doses”, declara professor Krerley Oliveira, coordenador do Laboratório de Estatística e Ciência dos Dados da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), membro do projeto Modcovid19 e do Observatório Covid BR.

De acordo com o pesquisador, o baixo percentual de vacinados “leva há uma situação perigosa: havendo a disseminação de novas cepas que têm menor efetividade de uma única dose como a Delta, possivelmente mesmo as pessoas que já tomaram somente uma dose terão maior risco caso contraiam a doença”. Dados divulgados na quarta-feira (21) pelo Imperial College de Londres, mostram que a taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 no Brasil subiu para 0,95, que significa dizer que 100 pessoas contaminadas podem transmitir a doença para outras 95.

Mais matérias
desta edição