app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

JHC RECEBE 1ª DOSE E PEDE QUE AS PESSOAS NÃO ESCOLHAM VACINA

Prefeito de Maceió foi imunizado no Ônibus da Vacina, na data fixada para sua faixa etária

Por GREYCE BERNARDINO LUCAS ROCHA | Edição do dia 23/07/2021 - Matéria atualizada em 22/07/2021 às 22h28

O prefeito JHC recebeu a primeira dose de vacina contra Covid-19 na manhã desta quinta-feira (22), no Ônibus da Vacina, na Praça Deodoro, no centro de Maceió. JHC tem 34 anos e não faz parte dos grupos prioritários para vacinação. Ele foi imunizado na data destinada às pessoas desta idade, de acordo com o calendário de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Maceió. “É uma emoção muito grande. Apesar de trabalhar nesse processo diariamente, de domingo a domingo, de montar e coordenar as maiores e melhores estratégias para a campanha de vacinação em Maceió, é diferente quando chega o nosso dia. É uma emoção, no momento da vacina, cai a ficha e é uma alegria que não cabe em nós e nas pessoas que nos amam. Claro que a imunização só está completa com a segunda dose, mas a gente dá um passo muito significativo, e aquela angústia e o medo que a gente vai vivenciando com a chegada da vacina, é como se tirasse um peso das costas. Estamos caminhando no sentido de cuidar da nossa saúde e da nossa vida. Fico ainda mais grato de ter a oportunidade de conduzir esse processo na minha capital, de ter recaído sobre meus ombros essa responsabilidade enorme, e a gente vê os resultados que Maceió conseguiu conquistar”. O prefeito de Maceió ainda fez um apelo para que a população não escolha a vacina e se imunize na data destinada à sua idade, além de não esquecer a data da segunda dose, para que a vacinação tenha um ciclo completo. “Só com a vacina a gente consegue enfraquecer o vírus e evitar que novas cepas sejam criadas. Quanto mais rápido o cidadão vier se vacinar e quanto maior adesão da segunda dose, já que, em Maceió, está dentro dos padrões do nosso país, melhor. A primeira dose é um número bem maior, pois temos um prazo de três meses para a segunda dose. É um ato de respeito ao próximo. A segurança e eficácia das vacinas estão comprovadas, então a gente precisa entender que é um processo que todos vamos passar. É uma vacina como qualquer outra”, reforçou JHC.

ÔNIBUS

O Ônibus da vacina encerrou as atividades em Maceió após imunizar 12.317 pessoas em Maceió, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (22), pela Prefeitura de Maceió. O último local da unidade móvel foi na Praça Deodoro, no bairro Centro.

O ônibus iniciou as ações de imunização contra a Covid-19 no dia 9 de junho e, desde então, percorreu mais de 30 localidades, em diversos bairros da capital alagoana. No último dia, as atividades começaram às 9h, com a distribuição de 500 fichas para usuários a partir de 34 anos e sem comorbidades. Os mais de 30 locais contemplados foram: Praça Deodoro (Centro), Feirinha do Tabuleiro, Mercados da Produção e do Artesanato (Levada), Santa Lúcia, Santos Dumont, Graciliano Ramos, Aprígio Vilela, Maceió I, Jardim Royal, Ponta da Terra, Caeté e Planalto, Gruta de Lourdes, Praça da Faculdade (Prado), Henrique Equelman, Cruz das Almas, Feitosa, Vale do Reginaldo, Salvador Lyra, Village Campestre, Clima Bom, Rosane Collor, Praça Padre Cícero (Vergel do Lago), Ipioca, Riacho Doce, Guaxuma, Fernão Velho, Rio Novo, Bebedouro e Ponta Verde.

Mais matérias
desta edição