app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Democracia tem limite, avisa Lessa a grevistas

Em entrevista, ontem, depois da posse do secretário Petrúcio Bandeira, o governador Ronaldo Lessa deixou claro que um dos alvos do decreto que pune servidores grevistas é o movimento dos policiais civis, que estão paralisando as atividades. Lessa argument

Por | Edição do dia 27/03/2004 - Matéria atualizada em 27/03/2004 às 00h00

Em entrevista, ontem, depois da posse do secretário Petrúcio Bandeira, o governador Ronaldo Lessa deixou claro que um dos alvos do decreto que pune servidores grevistas é o movimento dos policiais civis, que estão paralisando as atividades. Lessa argumentou que muitos dos grevistas ainda não têm estabilidade e estão em fase probatória. “Eles [grevistas e dirigentes do sindicato da categoria] precisam entender que democracia tem limite”, disse o governador. “O servidor, quando está no estágio probatório, tem que ter um comportamento diferente”. O governador lembrou que nem era preciso haver um decreto governamental determinando essas punições. “O próprio Estatuto do Servidor Público é claro: nesse período, eles são passíveis de ser demitidos se se comportarem dessa forma. A gente fez esse decreto, na verdade, para aliviar, para tentar criar um critério. O que eles [grevistas e Sindpol] fizeram foi irresponsabilidade; não é admissível aquilo tudo que foi feito”.

Mais matérias
desta edição