app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Jo�o Paulo II inicia as celebra��es da P�scoa

Vaticano - O Papa João Paulo II iniciou ontem as cerimônias de Páscoa com a santa missa crismal e a cerimônia do lava-pés. As celebrações terminam com a missa do domingo de Páscoa. O soberano pontífice apareceu em relativa boa forma durante a cerimônia. A

Por | Edição do dia 10/04/2004 - Matéria atualizada em 10/04/2004 às 00h00

Vaticano - O Papa João Paulo II iniciou ontem as cerimônias de Páscoa com a santa missa crismal e a cerimônia do lava-pés. As celebrações terminam com a missa do domingo de Páscoa. O soberano pontífice apareceu em relativa boa forma durante a cerimônia. A saúde do Papa, que sofre de Mal de Parkinson melhorou nos últimos meses. Apesar disso, o papa pronunciou sua homilia com voz pouco audível frente a cardeais e bispos que ocupavam as primeiras filas da basílica de São Pedro, no Vaticano. Com quase 84 anos, o papa não pode lavar os pés dos doze sacerdotes. A tarefa foi feita por um cardeal. A cerimônia do lava-pés é um dos principais rituais do catolicismo e simboliza a humildade e o amor ao próximo. Os sacerdotes imitam o gesto de Jesus Cristo na última Ceia, quando ele lavou os pés de seus discípulos. O Papa confessou dois espanhóis, dois poloneses, dois italianos, um canadense, dois ucranianos, um eslovaco e um americano. Como é normal, as auto-ridades vaticanas impediram as milhares de pessoas que estavam na basílica de se aproximar dos fiéis que confessaram, com o objetivo de respeitar e garantir sua intimidade. Durante o tempo em que João Paulo II permaneceu na basílica, foram intensificadas as medidas de segurança. O Papa voltou à tarde à basílica de São Pedro para celebrar os Ofícios da Sexta-feira Santa e à noite foi ao Coliseu de Roma para presidir a tradicional Via-Crúcis. João Paulo II levará a cruz à última estação. Paixão Em várias regiões do mundo, a Sexta-Feira Santa foi marcada por encenações da Paixão de Cristo. No Brasil, um dos espetáculos mais con-corridos é o de Aparecida do Norte, cidade a 180km de São Paulo. De acordo com a Segurança Patrimonial do San-tuário de Nossa Senhora Apa-recida, cerca de cinco mil pessoas acompan-haram o evento, que acontece todos os anos na sexta-feira santa, das 10h30 ao meio-dia, com repetição no sábado. Um grupo de 67 atores da região segue em procissão ao redor da basílica e encena a crucificação e e a ressurreição de Cristo.

Mais matérias
desta edição