app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

ESTADO TEM MAIS 78 CASOS E CINCO ÓBITOS POR COVID REGINA CARVALHO REPÓRTER O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), de terça-feira (14), registrou mais 78 novos casos e cinco óbitos por Covid-19 em Alagoas, que tem 237,2 mil notificações da doença, 230,4 mil recuperados da doença e 6.146 mortes. As vítimas residiam em Maceió, Teotonio Vilela, São José da Tapera e Atalaia. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 6.146 óbitos por Covid-19, mas,

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), de terça-feira (14), registrou mais 78 novos casos e cinco óbitos por Covid-19 em Alagoas, que tem 237,2 mil notificações da doença, 230,4 mil recuperados da doença e 6.146 mortes. As víti

Por regina carvalho | Edição do dia 15/09/2021 - Matéria atualizada em 14/09/2021 às 22h24

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), de terça-feira (14), registrou mais 78 novos casos e cinco óbitos por Covid-19 em Alagoas, que tem 237,2 mil notificações da doença, 230,4 mil recuperados da doença e 6.146 mortes. As vítimas residiam em Maceió, Teotonio Vilela, São José da Tapera e Atalaia. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 6.146 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. No boletim desta terça-feira (14), mais cinco mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo duas vítimas da capital alagoana (um homem de 90 anos e uma mulher de 82 anos) e três do interior (homens de 77, 78 e 92 anos) . O homem de 90 anos tinha hipertensão, Alzheimer, era ex-tabagista e morreu no Hospital Unimed, Maceió, e a mulher de 82 anos era diabética e também morreu no Hospital Unimed, Maceió. Em relação as três vítimas que residiam no interior do Estado, o idoso de 77 anos, residia em Teotonio Vilela, era diabético e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 78 anos, residia em São José da Tapera, tinha doença cardiovascular crônica, doença neurológica crônica e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Arapiraca. Já o homem de 92 anos, morava em Atalaia, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió.

Mais matérias
desta edição