app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Passado de Macei� � resgatado em exposi��o

Maceió foi a primeira capital brasileira a ter luz elétrica. Esta foi uma das informações que mais surpreenderam os alunos de 3ª série do colégio Santa Madalena Sofia, durante a execução de um projeto de pesquisa histórica. “A primeira cidade, mesmo, foi

Por | Edição do dia 12/05/2004 - Matéria atualizada em 12/05/2004 às 00h00

Maceió foi a primeira capital brasileira a ter luz elétrica. Esta foi uma das informações que mais surpreenderam os alunos de 3ª série do colégio Santa Madalena Sofia, durante a execução de um projeto de pesquisa histórica. “A primeira cidade, mesmo, foi Santos (SP); mas, a rigor, ela é uma cidade do interior”, explica a professora Walnia Couto, coordenadora do Projeto “Minha bela Alagoas – Retrospectiva de uma época”, concluído com uma exposição que está “em cartaz” nos corredores da própria escola. O projeto, segundo ela, teve o objetivo de pôr em prática conhecimentos das disciplinas Português e Estudos Sociais para três turmas, que totalizaram 95 alunos. Primeiro, a educadora obteve na Internet fotos antigas de dois locais do Centro de Maceió: o hotel Bela Vista, na Praça dos Palmares, e a Praça Dona Rosa da Fonseca, que fica em frente à Igreja do Livramento. Em seguida, os alunos foram até lá e fizeram novas fotos, no mesmo ângulo das antigas e fizeram a comparação: o hotel foi demolido e em seu lugar, construído o prédio onde hoje funcionam repartições federais, como Ministério da Saúde e IBGE. Na praça que era ponto de encontro obrigatório de políticos da época, hoje funciona um bar. “A partir daí trabalhamos conceitos de localização, identificação e comparação. Os alunos localizaram os dois lugares; depois, identificaram cada um em sua época e, em seguida, compararam as fotos, relatando as mudanças que o tempo promoveu em cada um”, relata a coordenadora. Em Português, segundo ela, o trabalho permitiu trabalhar gramática, ortografia e produção de texto. Em Estudos Sociais, além dos aspectos históricos, as curiosidades de cada época. Uma das questões mais destacadas nessa pesquisa foi o dado pioneiro de Maceió no uso da luz elétrica. Os trabalhos foram colocados em exposição no pátio onde os alunos passam o intervalo, para que possam ser vistos por outras turmas. Um dos participantes foi o aluno Pedro Henrique Murta, de 8 anos. Segundo a coordenadora, o envolvimento dele foi tamanho que Murta acabou virando em seu grupo de trabalho uma espécie de “especialista” no antigo hotel Palmares. Com muita desenvoltura, ele demonstra conhecer o hotel demolido na década de 60. “Era muito imponente e ficava de frente para o mar”, relata, mesmo sem nunca tê-lo visto. Segundo a coordenadora, o objetivo agora é levar o projeto para outras turmas. (FF)

Mais matérias
desta edição