app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Cidades

SMTT aplica 2 mil multas a cada m�s em Macei�

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) aplica duas mil multas por mês. O número foi revelado pelo superintendente do órgão, José Rubens de Moraes, ressaltando que a infração mais cometida é avanço do sinal vermelho. “A quantidade de

Por | Edição do dia 14/04/2002 - Matéria atualizada em 14/04/2002 às 00h00

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) aplica duas mil multas por mês. O número foi revelado pelo superintendente do órgão, José Rubens de Moraes, ressaltando que a infração mais cometida é avanço do sinal vermelho. “A quantidade de estacionamento proibido é muito grande, mas depois da aplicação dos sensores as multas por avanço de sinal vermelho aumentaram muito”, afirmou. Para ele, a mudança do sistema de multas vai simplificar o pagamento das infrações. “A vantagem é que a pessoa já vai saber quanto tem que pagar, porque a maioria das pessoas não sabem o valor da Ufir, que varia também de Estado para Estado e a fixação do valor vai auxiliar muito neste caso”, explicou. Também entrou em vigor a determinação de que as multas serão válidas somente se houver autoridade no ato da infração ou imagem que mostre veículo, local e placa. A partir desta semana, as multas de trânsito passaram a ter um valor fixo em todo o país. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou terça-feira, no Diário Oficial da União, a resolução que modifica o sistema de cobrança de multas, que tinha como base a Unidade de Referência Fiscal (Ufir). Para as infrações leves, como deixar o veículo afastado mais de 50 centímetros do meio-fio, serão punidas com multas de R$ 53,00. As infrações leves, como jogar lixo pela janela do veículo ou atirar objetos contra pedestre, equivale a uma multa de R$ 85,13. Infrações como dirigir sem cinto de segurança ou com criança no banco da frente, consideradas graves, a multa é de R$ 127,69. Já para as infrações consideradas “gravíssimas”, como dirigir sem habilitação ou alcoolizado, a multa chega a R$ 191,54. Mas a pontuação pelas infrações continuam as mesmas. Habilitação Mas estas não são as únicas novidades para os motoristas. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) está estudando medidas para criar três categorias para Carteira Nacional de Habilitação: a carteira de permissão – emitida para quem se habilita pela primeira vez, que tem a autorização de dirigir até a habilitação definitiva; autorização para conduzir ciclomotor – motos de baixa cilindrada e a carteira de habilitação atual – que é permanente até sua validade.

Mais matérias
desta edição