app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

ESTUDANTES CORREM COM A PREPARAÇÃO PARA O ENEM 2022

Muitos candidatos começaram cedo os estudos para o exame; inscrições vão até o dia 21 deste mês

Por Mariane Rodrigues | Edição do dia 14/05/2022 - Matéria atualizada em 13/05/2022 às 23h34

As inscrições para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começaram terça-feira (10) e vão até o dia 21 de maio. Somente no primeiro dia, mais de um milhão de pessoas efetuaram a inscrição. A estudante Bianca Mendes está entre os alagoanos inscritos no primeiro dia. Ela, assim como muitos estudantes, começaram desde cedo a se preparar para a prova que irá definir o destino profissional do examinado. Bianca Mendes tem 19 anos, é de Maceió e quer prestar o vestibular para Medicina. Apesar de ter terminado o ensino médio em 2019, desde 2017 ela concorre ao curso mais concorrido nas universidades locais. E de lá para cá, tem “treinado”, fazendo todos os anos a prova. Ela conta que está fazendo cursinho e reserva três dias da semana para aulas presenciais. “Minha rotina é bem baseada nos estudos mesmo e agora com a volta das aulas presenciais eu faço três dias na semana aula presencial de matérias em que tenho mais dificuldade e as outras matérias faço online mesmo, que com a pandemia tivemos que nos adaptar e hoje já gosto”, conta, dizendo que reserva, pelo menos, 8 horas do dia para estudar. “Esse ano comecei a fazer academia como exercício físico, e tem me ajudado muito em ter um momento do dia que não seja só estudando, pq antes eu passava o dia todo em casa com as aulas online e não tinha um momento para fazer outra coisa”, completa. Apesar de se dedicar quase integralmente aos estudos, Bianca reserva os finais de semana para espairecer. “Durante o ano eu aproveito os finais de semana para passar um tempo com a família e amigos, para descansar, o que é importante, e durante a semana me ajuda muito ir para academia e me desligar um pouco dos estudos”. Letícia Dantas diz que costuma reservar o período vespertino e noturno para estudar, intercalando entre 1h30 de estudo e pausas de 20 minutos. “Eu costumo pegar módulos do colégio, que tem em um formato de revisão dos conteúdos que caem no Enem. Na medida em que os professores vão dando o assunto, eu reviso em casa e faço as questões para fixar melhor”, conta Letícia.

Mas não é só isso, os preparativos para o Enem também incluem frequentar matéria isolada de Redação. “O colégio disponibiliza e faço, no mínimo uma redação por semana, levando sempre para corrigir e descobrir meus erros para poder melhorar. Outra coisa que eu também faço como forma pra me preparar pro Enem é refazer provas antigas e fazer os simulados que o sistema do colégio fornece”, diz a estudante. Lyandra Iraci fez o Enem pela primeira em 2021 como “treineira”. Neste ano, ela criou uma rotina de estudos com foco nos assuntos que mais caíram nas últimas provas do exame. “Vejo a videoaula do assunto e treino fazendo muitas questões (principalmente questões antigas do Enem). Para a redação eu faço a isolada oferecida pela minha escola, onde eles disponibilizam temas toda semana. Então toda semana eu faço redação e levo para corrigir. Além disso, gosto de anotar repertórios com a situação problema que posso usar em um caderno, pois ajuda muito para lembrar depois”, conta.

Mais matérias
desta edição