app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5757
Cidades O menino, M. A. S. S., de 6 anos, continua internado no Hospital Geral do Estado, em Maceió

POLÍCIA PRENDE MULHER QUE JOGOU ENTEADO DO 4º ANDAR DE PRÉDIO

Adriana Ferreira da Silva, 31 anos, foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio contra criança

Por Regina Carvalho | Edição do dia 24/05/2022 - Matéria atualizada em 24/05/2022 às 04h00

Após confessar que jogou enteado de 6 anos do 4º andar de um prédio no Benedito Bentes, Adriana Ferreira da Silva, 31 anos, foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio. O menino, M. A. S. S., de 6 anos, continua internado no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. A tentativa de homicídio ocorreu na madrugada de ontem, por de 1h13, segundo levantamento da Polícia Militar. De acordo com o delegado Fábio Costa, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em depoimento, Adriana teria alegado que jogou o garoto após uma discussão com o pai da vítima e que resolveu se vingar. Por sua vez, o pai do menino afirmou que Adriana teve um desentendimento com uma vizinha e queria receber apoio dele. Então, resolveu jogar o garoto. “De qualquer forma, houve a tentativa de homicídio e ela ficará à disposição da Justiça” disse o delegado Fábio Costa. Adriana e o pai da vítima viviam juntos há cerca de oito meses, logo depois que a mãe do garoto morreu. Fábio Costa disse à reportagem que Adriana não parecia muito abalada com o ocorrido. O boletim do HGE emitido na tarde de ontem detalha que M. A. S. S. está em observação na Pediatria. “Ele chegou nesta segunda-feira (23), às 2h40, com ferimentos causados por agressão corporal e foi avaliado pela equipe multidisciplinar da Área Vermelha. No momento seu quadro de saúde é considerado estável”, diz a assessoria do HGE. O relatório da guarnição da Polícia Militar, que foi acionada para o local da ocorrência, informa que logo após a tentativa de homicídio somente foi encontrado o pai da criança e que a autora teria fugido. O menino foi socorrido inicialmente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e depois levado ao HGE. Adriana foi encontrada pelos policiais quando estava perto da casa da mãe dela, no Benedito Bentes, na tarde de ontem. Ela e o pai da vítima estão juntos há cerca de oito meses, após a mãe do garoto morrer. “Eu não conversei com o menino porque ele estava sentindo muitas dores e com muitos hematomas, um caso que chocou bastante. O pai está com ele no HGE e nós estamos aguardando ele para registrar o caso na delegacia”, disse, em entrevista à TV Gazeta, o conselheiro tutelar Ewerton Pita.


ARREPENDIMENTO

A madrasta que jogou o enteado de 6 anos pela janela do 4º andar disse que está arrependida pelo crime. Em entrevista à TV Gazeta, a mulher disse que jogou o enteado após uma discussão com o pai do menino, com quem mantém um relacionamento. Os três moravam juntos. “Ele ficou ameaçando meu filho mais velho e eu disse a ele que se ele matar o meu filho eu mato o dele também. Foi na hora que eu peguei o filho dele e joguei. Eu estou arrependida porque não era para ter jogado o filho dele”, conta a mulher, afirmando que ela e o pai da criança sempre discutiram. De acordo com as investigações policiais, a mulher jogou o menino pela janela por ciúmes. O menino foi levado para o Hospital Geral do Estado com ferimentos pelo corpo, mas está fora de risco. A madrasta está presa e deverá ser levada para o presídio feminino Santa Luzia, onde irá responder pelo crime de tentativa de homicídio.

Mais matérias
desta edição