app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades Nesta quinta-feira (23), o número de vagas de UTI para Covid-19 foi ampliada para 144

NÚMERO DE CASOS EM INVESTIGAÇÃO DE COVID MAIS QUE DOBRA EM UM MÊS

De acordo com o boletim da Sesau, os casos saltaram de 890 em maio para 2 mil em junho, alta de 131%

Por Regina Carvalho | Edição do dia 24/06/2022 - Matéria atualizada em 23/06/2022 às 21h38

Em Alagoas o número de casos de Covid em investigação mais que dobrou em apenas um mês. Em maio eram 890 e saltou para mais de 2 mil em junho, um percentual de 131% de acordo com informações do boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). E não é apenas esse dado que preocupa, casos confirmados e internações voltaram a crescer. Em maio, havia 298,7 mil casos confirmados de Covid em Alagoas e 6.936 mortes provocadas pelo novo coronavírus. Um mês depois, foram notificados 302,2 mil pessoas já infectadas e 6.943 mortes. Os dados referem-se até a última quinta-feira (23). No mês passado, em relação aos leitos gerais exclusivos, dos 118 pelo menos 22 tinham pacientes em Alagoas em tratamento contra a Covid e a influenza. Com isso, a taxa de ocupação ficou em 19%. Na última quinta-feira (23), o número de vagas foi ampliada para 144 e mesmo assim o percentual de ocupação subiu para 36%. Ou seja, 52 pessoas estão internadas. Na última quarta-feira (22), a Sesau fez um alerta sobre o momento atual da Covid em Alagoas, que mostra a crescente incidência da doença. A evolução de novos casos segundo a Semana Epidemiológica de atendimento, que foi de 1.163 e que a média diária de novas hospitalizações entre os casos confirmados, segundo o mês de internação, foi de 0,6 em maio e 4,5 em junho. Outro dado que mostra que a Covid ainda deve ser motivo de preocupação para os alagoanos é a evolução de testagens RT-PCR das amostras encaminhadas ao Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) por mês, sendo de 426 em maio e 822 em junho. Destas amostras de maio, 93,43% foram negativas e 6,57% positivas; enquanto que em junho, 55,23% apresentaram resultados positivos e 44,77% negativos. Com todos os dados mostrando a evolução da Covid-19 em Alagoas, a Central de Regulação de Leitos solicitou a ampliação da oferta de leitos exclusivos para a Covid-19 em Alagoas, caso se mantenha o aumento crescente de diagnósticos positivos.

Mais matérias
desta edição