app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Cidades

HOMEM ACUSADO DE JOGAR ÁLCOOL E ATEAR FOGO NA ESPOSA É PRESO

Em depoimento, acusado disse que cometeu crime porque ‘queria se separar da vítima e ela não aceitava'

Por Jonathas Maresia | Edição do dia 08/11/2022 - Matéria atualizada em 08/11/2022 às 06h52

A Polícia Civil (PC) prendeu um jovem de 24 anos, acusado de atear fogo em sua esposa, Polyana Medeiros e Silva, de 23 anos. O crime aconteceu em outubro, no bairro Cidade Universitária, na parte alta de Maceió. O autor foi interrogado e preso preventivamente por tentativa de feminicídio, após determinação da Justiça. A vítima, no entanto, segue internada no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Geral do Estado (HGE). De acordo com as informações policiais, no dia do crime, o autor jogou álcool e ateou fogo na vítima, que saiu de casa com o corpo em chamas. Ela também foi espancada com murros e chutes. As investigações foram coordenadas pelas delegadas Ana Luiza Nogueira e Kelly Amorim, que haviam solicitado à Justiça a prisão preventiva do acusado. Em seu interrogatório, o acusado disse que queria se separar da vítima e ela não aceitava o fim do relacionamento, sendo esse um dos motivos pelo qual cometeu o crime. A vítima, por sua vez, informou que a causa foi o fato de ele ter ficado enfurecido porque queria a certidão de nascimento da filha de três meses, sendo que o documento se encontrava na casa da avó materna da criança. “As buscas incessantes e ininterruptas ao acusado, feitas pela Polícia Civil, levaram o autor a se apresentar na manhã de hoje, na sede da Delegacia da Mulher, localizada no bairro Salvador Lyra”, enfatizou a delegada Ana Luiza Nogueira. “O relacionamento do casal sempre foi conturbado, já tendo no pretérito a PC requerido medidas protetivas em favor da vítima”, destacou a delegada Kelly Amorim.

Mais matérias
desta edição