app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Cidades

TJ n�o suspende ato de reintegra��o de posse

O clima deve ficar tenso hoje no município de São Luiz do Quitunde, onde a Polícia irá cumprir uma ação de reintegração de posse da Fazenda Papuã. Famílias de sem-terra ligados ao Movimento dos Trabalhadores estão acampadas na AL-430, nas imediações da

Por | Edição do dia 24/04/2002 - Matéria atualizada em 24/04/2002 às 00h00

O clima deve ficar tenso hoje no município de São Luiz do Quitunde, onde a Polícia irá cumprir uma ação de reintegração de posse da Fazenda Papuã. Famílias de sem-terra ligados ao Movimento dos Trabalhadores estão acampadas na AL-430, nas imediações da propriedade. Ontem, dirigentes do MT se reuniram com o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Fernando Lima Souza, mas não conseguiram suspender o cumprimento da decisão judicial. No encontro, ocorrido de manhã no salão nobre do TJ, Tourinho disse que a reintegração de posse era uma matéria que não podia ser resolvida pela presidência, já que a ação estava nas mãos de um desembargador. Afirmou, no entanto, que assim que foi informado da audiência com os sem-terra, pediu que o mandado de reintegração – que era para ser cumprido ontem – fosse adiada. Na reunião, o presidente do TJ também discutiu a apuração dos assassinatos de sem-terra. Ministro À tarde, dirigentes do MT voltaram a se reunir, no Quartel da PM, com o superintendente do Incra, José Quixabeira Neto. Ficou acertado uma audiência com o ministro do Desenvolvimento Agrário, José Abraão, marcado para o próximo dia 29, em Brasília. Eles vão aproveitar o encontro em Brasília para discutir a situação das fazendas Santa Luzia e Belo Horizonte. Até lá, os sem-terra garantem uma trégua no bloqueio de estradas.

Mais matérias
desta edição