app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Cidades

EQUATORIAL FLAGRA FURTO DE ENERGIA QUE ATENDERIA 120 CASAS POR UM MÊS

Fazenda em São Sebastião era monitorada há alguns meses; uma pessoa foi conduzida até o CISP para os trâmites legais

Por ANNA CLÁUDIA ALMEIDA | Edição do dia 02/02/2023 - Matéria atualizada em 02/02/2023 às 09h17

Uma fazenda no município de São Sebastião, no interior de Alagoas, foi alvo de uma operação, realizada nesta semana, em que equipes da Equatorial flagraram o furto de mais de 18.000 kWh/mês, o que saria para atender 120 residências durante um mês inteiro. A ação contou com a participação da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) e a Polícia Militar. Segundo a concessionária, a fazenda era monitorada há alguns meses e, devido à constantes sobrecargas registradas no transformador, que atende à unidade consumidora, constataram irregularidades. No local, as equipes de inspeção encontraram, em posse do responsável pela unidade varas de manobras, instrumentos utilizados para o trabalho na rede de distribuição de energia elétrica, cuja permissão é única e exclusiva da Equatorial.

Ainda durante a ação, denominada “Gato com Batata”, uma pessoa foi conduzida até o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) da cidade de Penedo, onde os trâmites legais cabíveis foram realizados.

“Ao realizar a ligação à revelia, o infrator coloca em risco a própria segurança e as vidas de outros moradores da localidade, além de comprometer a qualidade do fornecimento, o que pode provocar sobrecarga no sistema elétrico, ocasionando oscilação e a falta de energia na região, que vinha sendo registrado há alguns meses por nossas equipes técnicas”, mencionou o gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial, Carlos Morais.

O gerente destacou ainda a importância das ações integradas com a Polícia Militar e do combate ao furto de energia. “O trabalho colaborativo que mantemos com a Secretária de Segurança Pública tem como principal objetivo garantir a segurança dos nossos clientes. Destacamos que as ações de combate ao furto de energia elétrica são constantes e acontecem em todo o Estado, visando também garantir a qualidade do fornecimento de energia que é oferecida aos alagoanos.”

PENALIDADES PARA OS INFRATORES

O furto de energia elétrica, conhecido também como “gato” e ao ato de fraudar medidores, classificado como estelionato, são crimes previstos nos artigos 155 e 171, respectivamente, do Código Penal Brasileiro. Por isso, a distribuidora reforça a importância do combate e inibição dessas práticas para manter a qualidade da energia elétrica distribuída aos alagoanos. As denúncias de ligações clandestinas e irregulares podem ser feitas anonimamente na Central de Atendimento da Equatorial por meio do telefone 0800 082 0196 ou no site al.equatorialenergia.com.br.

*Com informações da assessoria

Mais matérias
desta edição