app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5757
Cidades

Coqueiros na orla s�o derrubadospara dar lugar a centro comercial

VITÓRIA ALCÂNTARA No início da noite de ontem, cinco coqueiros de um terreno localizado na esquina das avenidas Álvaro Otacílio e Álvaro Calheiros, na Praia da Jatiúca, foram derrubados. O empreiteiro da obra, Joselito Monteiro, afirmou que o terreno per

Por | Edição do dia 20/01/2005 - Matéria atualizada em 20/01/2005 às 00h00

VITÓRIA ALCÂNTARA No início da noite de ontem, cinco coqueiros de um terreno localizado na esquina das avenidas Álvaro Otacílio e Álvaro Calheiros, na Praia da Jatiúca, foram derrubados. O empreiteiro da obra, Joselito Monteiro, afirmou que o terreno pertence ao ex-diretor de Obras da Casal, Sócrates Calheiros, e que ele teria autorização legal para retirar os coqueiros. O empreiteiro disse que teria recebido ordens de derrubar os cinco coqueiros e fazer a limpeza do terreno. Segundo ele, a derrubada dos coqueiros começou por volta das 14 horas de ontem, mas moradores da região afirmam que os trabalhos só começaram no início da noite. Quando a equipe de reportagem da GAZETA chegou ao local, os homens suspenderam os trabalhos e retiraram os dois tratores do terreno, alegando que, por ontem, haviam terminado os serviços. Mas afirmaram que hoje pela manhã a limpeza continua. De acordo com Joselito Monteiro, as obras no terreno – derrubada de coqueiros, limpeza e retirada dos outdoors instalados no local – estariam dentro da lei. “O doutor Sócrates tem todos os documentos autorizando os trabalhos aqui. Está tudo legalizado”, garantiu o empreiteiro. Centro comercial De acordo com Joselito Monteiro, o ex-diretor da Casal pretende construir um centro comercial no local. Ele contou que, além da derrubada dos coqueiros, iniciada ontem, alguns outdoors também já teriam sido retirados para dar passagem aos tratores. O proprietário de uma pizzaria que fica em frente do terreno, Ricardo Ribeiro, acompanhou a retirada dos coqueiros e disse que lamentava o fato. “No entorno de minha pizzaria, plantei 20 coqueiros e fiquei triste quando vi a derrubada desses. Seria bom que o dono plantasse outros no local”. A GAZETA tentou falar com o ex-diretor da Casal, Sócrates Calheiros, apontado como sendo o proprietário do terreno, mas não conseguiu. O secretário de Controle e Convívio Urbano, Edinaldo Melo, garantiu que hoje pela manhã enviará fiscais ao local para verificar se a derrubada está devidamente legalizada. “Vou chamar o secretário de Meio Ambiente, Ricardo Ramalho, para fazermos esta operação. Vamos ver se o proprietário tem licença para iniciar as obras”.

Mais matérias
desta edição