app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

Braskem diz que �rea com solodegradado recebe tratamento

Entre as 11 áreas da Grande Maceió incluídas no diagnóstico nacional do Ministério da Saúde, sobre áreas com potencial de contaminação do solo – divulgado ontem pela GAZETA –, está um terreno ao lado da planta de cloro-soda da Braskem, apontada como de so

Por | Edição do dia 20/01/2005 - Matéria atualizada em 20/01/2005 às 00h00

Entre as 11 áreas da Grande Maceió incluídas no diagnóstico nacional do Ministério da Saúde, sobre áreas com potencial de contaminação do solo – divulgado ontem pela GAZETA –, está um terreno ao lado da planta de cloro-soda da Braskem, apontada como de solo efetivamente contaminado por atividades químicas. Em comunicado de sua assessoria de imprensa, a Braskem informou ontem que está investindo anualmente US$ 1 milhão na contenção e remediação de solos em suas unidades em Alagoas. De acordo com o comunicado, as ações são acompanhadas pelo Instituto de Meio Ambiente de Alagoas (IMA) e constam do Diagnóstico Nacional de Áreas Potenciais e Efetivas de Contaminação de Solo, elaborado pelo Ministério da Saúde O gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Braskem, Júlio Lucidi, afirma que as informações atribuídas ao relatório do Ministério da Saúde “não trazem nenhuma novidade” no que diz respeito à empresa. “A remediação está sendo conduzida sob a supervisão dos órgãos ambientais competentes, é acompanhada por peritos da Justiça, além de ser do conhecimento do Ministério Público e do Conselho Estadual de Proteção Ambiental”, diz a empresa. “Hoje, a situação está sob controle, vem apresentando bons resultados, estando suas premissas de projetos de remediação atendidas”, afirmou. O gerente de Meio Ambiente disse ainda que a modernização das plantas industriais e a extração dos poluentes para tratamento e descarte adequados são soluções que já sinalizam para uma recuperação positiva das áreas citadas no relatório do Ministério da Saúde. “Quando se trata de atender a normas, sejam quais forem, a Braskem investe não apenas para cumprir as metas, mas para superá-las. A Braskem trabalha com transparência e tem, entre os seus princípios, o compromisso com o desenvolvimento sustentável, o que inclui a preservação ambiental e o cuidado com a saúde de seus integrantes e comunidades vizinhas”, explicou Lucidi. A Braskem, petroquímica brasileira de classe mundial, é líder em resinas termoplásticas na América Latina e está posicionada entre as cinco maiores companhias industriais privadas de capital brasileiro. Com 13 plantas industriais localizadas pelo Brasil, a empresa fabrica anualmente 5 milhões de toneladas de resinas e produtos petroquímicos básicos.

Mais matérias
desta edição