app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

Macei� vive “lua-de-mel” com turismo estrangeiro

CARLA SERQUEIRA Turistas estrangeiros chegam a Maceió para aproveitar a tranqüilidade da cidade no carnaval e participar das prévias carnavalescas que agitam a capital. O casal de argentinos Paola Molina, advogada de 27 anos, e Augusto Longarzo, administ

Por | Edição do dia 29/01/2005 - Matéria atualizada em 29/01/2005 às 00h00

CARLA SERQUEIRA Turistas estrangeiros chegam a Maceió para aproveitar a tranqüilidade da cidade no carnaval e participar das prévias carnavalescas que agitam a capital. O casal de argentinos Paola Molina, advogada de 27 anos, e Augusto Longarzo, administrador de empresas, 30, chegou à cidade no dia 16 de janeiro e está ansioso para entrar na folia, hoje, no bloco Pinto da Madrugada. “Só conhecemos o carnaval brasileiro pela televisão. Existe samba na Argentina, mas frevo não. Queremos aprender o passo hoje, no Pinto”, afirmou Paola, que está em Maceió pela primeira vez. As prévias atraem também turistas nacionais. Um grupo de baianos deixou a “capital do axé” para curtir as prévias em Maceió. Edgar Régis, 55, publicitário, e mais 22 pessoas chegaram de Salvador só para desfilar no Pinto da Madrugada. “É a segunda vez que participo. Gosto do Pinto porque cultiva a tradição dos carnavais, o frevo e as marchinhas. No ano passado havia pessoas de 8 a 80 anos e não vi nenhuma confusão”, disse. O Bloco Pinto da Madrugada desfila hoje na orla de Maceió e está com saída prevista para as 6h, seguindo da Pajuçara em direção à Ponta Verde. Ao longo do dia, desfilam também os blocos Turma da Rolinha e Pecinhas de Maceió. Ontem, o Jaraguá Folia foi aberto por desfile de blocos, bois de carnaval e o show da banda Armandinho, Dodô e Osmar. De acordo com a gerente do Hotel Ponta Verde, Ana Paula Vasconcelos, “Maceió tem uma aceitação tremenda”. Os turistas estrangeiros correspondem a 35% da lotação do hotel e chegam de países diversos. “Hoje, temos acomodados turistas portugueses, italianos, argentinos, uruguaios e chilenos”, informou a gerente. “Dos estados brasileiros, os paulistas continuam sendo os campeões; em seguida vêm os gaúchos e os cariocas”, completou. O secretário municipal de Turismo, Carlos Gatto, está animado com a temporada. “Estamos em lua-de-mel com o turista estrangeiro”. Ele acrescenta que Maceió tem participado de feiras internacionais para divulgar roteiros no município. “Estivemos na Holanda, Portugal e Espanha divulgando Maceió nas agências de viagem. O turista europeu gasta muito, gera renda para a população e traz o euro, que é uma moeda forte no mercado”, disse o secretário. Carlos Gatto afirmou ainda que é preciso investir mais em propaganda para garantir o aumento de turistas internacionais. “No ano passado, só foram investidos R$ 800 mil em publicidade. Fortaleza gasta isso em um mês”, frisou. Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH-AL), Márcio Coelho, as prévias carnavalescas ainda não são expressivas para o turismo. “O maior atrativo de Maceió não é a folia, pelo contrário; o turista vem para a cidade buscar tranqüilidade e conforto”, disse Coelho. Os hotéis já estão com 100% de lotação para o período do carnaval, que vai do dia 5 a 9 de fevereiro. Ontem, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) divulgou o esquema do trânsito na região da orla durante as prévias de hoje. Nas avenidas Antônio Gouveia, Sílvio Vianna e Álvaro Otacílio, o estacionamento será proibido até a bifurcação da Avenida Engenheiro Mário de Gusmão, das 8h às 19h de hoje. As ruas Gaspar Lemos Ferrário, Valdo Omena, Pompeu de Miranda Sarmento e Hígia Vasconcelos serão usadas como saídas de emergência e o estacionamento também é proibido. Nestas ruas, só será permitido o tráfego de automóveis para os moradores. O trânsito será invertido na rua Carlos Tenório, no trecho entre as ruas Desportista Humberto Guimarães e Engenheiro Mário de Gusmão. Leia mais sobre carnaval no Caderno B

Mais matérias
desta edição