app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Cidades

PF investiga quadrilha de enfermagem em AL

DORGIVAL JÚNIOR A Polícia Federal (PF) desencadeou ontem, nos estados  de Alagoas, Rio de Janeiro, Goiás, Piauí, Rio Grande do Norte e  Sergipe a Operação Predador, que resultou na captura do presidente do Conselho Federal de  Enfermagem, Gilberto Linha

Por | Edição do dia 29/01/2005 - Matéria atualizada em 29/01/2005 às 00h00

DORGIVAL JÚNIOR A Polícia Federal (PF) desencadeou ontem, nos estados  de Alagoas, Rio de Janeiro, Goiás, Piauí, Rio Grande do Norte e  Sergipe a Operação Predador, que resultou na captura do presidente do Conselho Federal de  Enfermagem, Gilberto Linhares, acusado de comandar uma  quadrilha, formada por funcionários de conselhos estaduais,  responsável pelo desvio de R$  50 milhões. Em Alagoas, a PF cumpriu apenas um mandato de busca e apreensão, realizado em uma casa de veraneio do acusado, na Barra de São Miguel. Cinco agentes chegaram ao imóvel, por volta das 7h, fazendo uma revista completa no imóvel. Segundo o caseiro, a casa está sem receber a visita dos proprietários há mais de três meses. O presidente do Conselho Federal de Enfermagem foi preso em casa – uma mansão situada no bairro de Atalaia, em Aracaju – ontem às 6 da manhã, por agentes da PF. Gilberto Linhares deixou a casa sorridente, apesar de estar algemado. Jóias, 38 mil dólares e 2 mil euros, além de uma pasta com documentos, foram apreendidos pela PF. O acusado, que estava com familiares em casa, foi levado para a Casa de Detenção de Aracaju. Por ter nível superior, Linhares foi levado para o setor de enfermaria da unidade prisional.

Mais matérias
desta edição