app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Cidades

Sindicato volta a cobrar seguran�a

O presidente do Conselho Fiscal do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários (Sinttro), Juarez dos Santos Nascimento, lamentou os ferimentos no motorista Marco Antônio Nascimento, no assalto de ontem, no Vergel, e declarou que a diretoria da

Por | Edição do dia 02/02/2005 - Matéria atualizada em 02/02/2005 às 00h00

O presidente do Conselho Fiscal do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários (Sinttro), Juarez dos Santos Nascimento, lamentou os ferimentos no motorista Marco Antônio Nascimento, no assalto de ontem, no Vergel, e declarou que a diretoria da entidade vai se reunir para tomar providências imediatas. “No ano passado, tivemos reuniões com representantes da Secretaria de Defesa Social e conseguimos a garantia de que a polícia iria reprimir os assaltos. Realmente, ocorreu uma redução no número de ataques de marginais a ônibus urbanos. Só que agora voltou a subir”, declarou ele. “Vamos identificar os novos pontos de assaltos e apontar à polícia, exigindo providências, pois não vamos esperar que assassinem outro companheiro”, ponderou ele, acrescentando que os assaltantes parecem mais ousados. “Temos que adotar algumas medidas para impedir que ocorram mortes como no ano passado. Protestos O sindicalista admitiu que o Sinttro pode voltar a se reunir com dirigentes da SDS antes mesmo do carnaval. Porém, não falou em paralisações ou bloqueios de avenidas para protestar contra a onda de assaltos da última semana, como ocorreu no segundo semestre de 2004, quando motoristas fecharam a Avenida Fernandes Lima e paralisaram o trânsito no Centro de Maceió. O delegado de Roubos e Furtos, Cícero Lima, recebeu ontem o boletim de ocorrência comunicando o assalto ao ônibus da Empresa Piedade. Um inquérito será aberto para apurar o crime e as vítimas serão convocadas para prestar depoimento na Delegacia de Roubos e Furtos.

Mais matérias
desta edição