app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Cidades

Supermercados lotados nas compras de �ltima hora; litoral � o principal destino

DORGIVAL JUNIOR Os foliões que deixaram para fazer as compras do carnaval de última hora precisaram de muita paciência para enfrentar as longas filas nos supermercados da cidade. Com os carrinhos carregados de comida e com muita disposição para suportar

Por | Edição do dia 05/02/2005 - Matéria atualizada em 05/02/2005 às 00h00

DORGIVAL JUNIOR Os foliões que deixaram para fazer as compras do carnaval de última hora precisaram de muita paciência para enfrentar as longas filas nos supermercados da cidade. Com os carrinhos carregados de comida e com muita disposição para suportar os cinco dias de folia e animação, famílias inteiras lotaram os estabelecimentos comercias da capital alagoana, abastecendo a despensa antes de viajar. Como de costume, a cerveja foi a bebida alcoólica mais procurada pelos foliões. “Só vamos comer no carnaval alimentos que sejam de preparo rápido e fácil; ninguém quer ter trabalho no carnaval”, disse o universitário Rodrigo Lopes, que vai passar os cinco dias do reinado de Momo em uma casa alugada pela família na Barra de São Miguel. Em todos os supermercados da cidade, os consumidores enfrentavam longas filas alegando que não tiveram tempo para fazer as compras durante a semana. “Só hoje é que sobrou um tempinho para comprar a bebida. Espero que seja suficiente para passar o carnaval. Se faltar, a gente recarrega a casa”, disse Glauciano Vergetti, que levava para casa 25 caixas de cerveja e dez de refrigerante que serão consumidas pela família e amigos no carnaval da cidade de União dos Palmares. Como muitos foliões alugam casas de veraneio para passar o carnaval com amigos ou parentes, as camas não são, na maioria das vezes, suficientes para todos. Os colchonetes também foram um dos artigos disputados pelos consumidores nos supermercados. “Como vai ter muita gente em casa, estou levando alguns colchonetes para o pessoal. Eles são simples, mas servem para descansar”, acrescentou a dona de casa Rita de Cássia Vasconcelos. Para aumentar o volume de vendas, atraindo a atenção dos consumidores, os estabelecimentos comerciais resolveram apostar nas promoções dos itens mais cobiçados pelos foliões no período carnavalesco. “Estou aproveitando para pesquisar, já que o dinheiro para o carnaval está curto, onde tem a melhor oferta eu compro”, acrescentou a dona de casa Iracema da Rocha. Rodoviária No início da noite de ontem, o movimento de passageiros no Terminal Rodoviário de Maceió ainda era considerado regular. O principal destino eram as cidades alagoanas de maior tradição carnavalesca (Barra de São Miguel, Paripueira e Barra de Santo Antônio), além de capitais como Salvador e Recife. De acordo com funcionários do terminal, durante todo o dia o fluxo de passageiros foi normal. Só por volta das 17h é que houve um acréscimo. “Estou indo para Barra de Santo Antônio encontrar a minha família. Estou apostando num supercarnaval”, disse o estudante João Paulo Almeida, enquanto aguardava ansioso o embarque na companhia de uma turma de amigos. Enquanto parte da população de Maceió começou a deixar a cidade ontem com destino ao interior e outros estados, inúmeras pessoas desembarcavam na capital alagoana aproveitando o feriadão para fugir do agito dos grandes centros ou visitar familiares. “Moro em Salvador, mas estou vindo a Maceió para descansar um pouco”, disse a comerciante Fátima Lima, que chegou à cidade na tarde de ontem. O trânsito nas entradas e saídas da cidade, em direção ao Litoral Sul e Norte, ainda transcorria normalmente. Só no início da noite é que houve um acréscimo no fluxo de veículos. “Nossa previsão é de que mais de seis mil carros passem por aqui [posto do Batalhão de Policiamento Rodoviário do Pólo] até este sábado”, disse o sargento PM Waltson Lamenha.

Mais matérias
desta edição