app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Cidades

Banc�rios criticam abertura de conta em lot�ricas

A alteração de normas relativas a abertura, manutenção e movimentação de contas, pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), decisão que vai facilitar abrir depósitos num correspondente bancário: correios, casas lotéricas e cartórios, é vista como uma medida

Por | Edição do dia 27/04/2002 - Matéria atualizada em 27/04/2002 às 00h00

A alteração de normas relativas a abertura, manutenção e movimentação de contas, pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), decisão que vai facilitar abrir depósitos num correspondente bancário: correios, casas lotéricas e cartórios, é vista como uma medida prejudicial pelo Sindicato dos Bancários de Alagoas (Sindbancários). Segundo o diretor de estudos socioeconômicos da entidade, Nilson Lopes Vieira, isso provocará falta de segurança no sistema bancário, propiciando até mesmo a estelionatários a abertura de uma conta bancária. “A medida, além de provocar demissões na categoria, traz prejuízos à sociedade, uma vez que não se consegue inibir os golpes nos bancos, imagine com a possibilidade de se abrir contas dessa forma”, disse Nilson Vieira. Os bancários de Alagoas vão se reunir para deliberar formas de mobilização contra a decisão do Conselho Monetário Nacional, em nível local e seguindo orientações em nível de Brasil. O CMN decidiu eliminar algumas exigências na abertura de contas correntes, como por exemplo, a conferência dos documentos originais do clientes, que tinha de ser feita pelo gerente da agência bancária. Para o diretor de Normas do Banco Central, Sérgio Darcy, a mudança não impede que o banco mantenha essa exigência. Segundo ele, a instituição bancária continua sendo responsável pela exata identificação do cliente. A diferença com a norma anterior é que o CMN está permitindo que fique a cargo de cada instituição financeira a fixação de regras para a abertura de contas em suas agências e correspondentes.

Mais matérias
desta edição