app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Cidades

ÓRGÃOS EM AL ATUARÃO EM CONJUNTO NO COMBATE AO CRIME ORGANIZADO

Criação do Ficco Alagoas foi oficializada ontem, em reunião realizada na sede da Polícia Federal em Maceió

Por thiago gomes | Edição do dia 24/08/2023 - Matéria atualizada em 24/08/2023 às 04h00

Por iniciativa da Superintendência Regional da Polícia Federal (PF) em Alagoas, órgãos de segurança pública vão atuar em conjunto no combate ao crime organizado. Nesta quarta-feira (23), foi oficializada a criação do Ficco Alagoas [Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Estado de Alagoas], em uma reunião na sede da PF, em Maceió.

A superintendente da Polícia Federal no Estado, delegada Luciana Paiva, informou que o grupo não tem hierarquia entre os órgãos parceiros (Polícia Federal - PF, Polícia Rodoviária Federal - PRF, Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP e Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social - Seris).

No entanto, o Ficco Alagoas será coordenado por um delegado federal e terá outro integrante da instituição na equipe. Caberá a ele ser o elo entre os órgãos e liderar as ações de combate ao crime organizado. A previsão é de que o trabalho em conjunto resulte em uma série de operações com o propósito de desarticular organizações criminosas que atuam aqui.

De acordo com Luciana Paiva, a PF vai contribuir, ainda, com todo o aparato de inteligência disponível para elucidação de crimes praticados por estas organizações. O trabalho investigativo será integrado com a colaboração das forças auxiliares.

O Ficco é um projeto do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) para combater crime organizado e facções criminosas. Aqui, a Força Integrada funcionará em um prédio da PF, que fica próximo à antiga Vila dos Pescadores, no bairro do Jaraguá.

Mais matérias
desta edição