app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Cidades

GOVERNO E CAIXA FAZEM BUSCA ATIVA A BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA

Em agosto, mais de 6,8 mil pessoas deixaram de sacar o benefício do programa do governo federal

Por Marcos Rodrigues | Edição do dia 30/08/2023 - Matéria atualizada em 30/08/2023 às 04h00

O programa Bolsa Família, em Alagoas, que atende de modo ativo 549 mil beneficiários em situação de vulnerabilidade social, tem um novo desafio. Localizar, por meio de busca ativa, 6.834 pessoas, o que representa 2% do universo total, que não sacaram o benefício no último mês.

Isto porque caso não sejam localizadas os recursos serão bloqueados de forma definitiva até que ocorra nova regularização. Para tentar chegar até quem precisa do recurso e não foi sacá-lo, a Secretaria de Estado da Assistência Social (Seads) se uniu a Caixa Econômica para traçar uma estratégia.

Segundo a superintendente de Transferência de Renda e coordenador estadual do Bolsa Família, Maria José Cardoso, o maior desafio não é apenas achar o beneficiário, mas também saber os motivos que o impediram de sacar o recurso.

“A Caixa ficou responsável por disponibilizar a listagem nominal por município e preparar as equipes das agências para orientar e fazer os pagamentos para os beneficiários. De posse dessa lista, a Seads fez a separação por cidade e encaminhou para as 102 coordenações solicitando a busca ativa”, disse Maria José.

Ela lembra que desde que os pagamentos foram efetivados, são várias as formas de retirar o dinheiro, sendo uma das mais rápidas e práticas a que usa o app Caixa Tem. Mas, se houver qualquer entrave é só ir até a agência da Caixa por conta da existência de um código específico para o acesso.

“Estamos envolvidos para que os benefícios cheguem aos alagoanos que mais precisam. Destacamos ainda que em Alagoas, na folha de pagamento do Bolsa Família do mês vigente, mais de 549 mil são beneficiárias”, completou Maria José.

Mais matérias
desta edição