app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Cidades Pão de Açúcar é um dos 35 municípios que devem registrar baixa umidade do Ar, segundo Instituto de Meteorologia

BAIXA UMIDADE DO AR DEVE ATINGIR 35 CIDADES DE ALAGOAS

.

Por MATHEUS BONFIM* | Edição do dia 14/11/2023 - Matéria atualizada em 14/11/2023 às 04h00

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta segunda-feira (13), um novo alerta de baixa umidade para 35 municípios de Alagoas. O alerta amarelo corresponde ao risco de perigo potencial e ficará vigente até a próxima sexta-feira (17).

A umidade relativa do ar deve variar entre 30% e 20%; com isso, pode haver aumento do potencial de risco de incêndios em pastagens e florestas na região, elevação da evaporação - com consequente diminuição de reservas hídricas -, além de riscos à saúde humana, como complicações alérgicas e respiratórias, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele e irritação dos olhos.

O instituto divulgou ainda instruções para os moradores dos municípios atingidos. São elas:

- Beba bastante líquido.

- Evite desgaste físico nas horas mais secas.

- Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.

- Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de - Bombeiros (telefone 193).

CALOR

Ondas de calor como a que atinge diversas regiões do Brasil com alta de temperaturas de até 5ºC têm sido reforçadas por um bloqueio de pressão atmosférica, pelo El Niño e por mudanças climáticas. A principal característica da atual onda é a extensão da zona de alta pressão atmosférica, que vai do norte da Argentina ao sul da Amazônia e impede a chegada de frentes frias a essas áreas.

O El Niño, caracterizado pelo aquecimento das águas do Pacífico equatorial, também afeta a circulação de massas de ar, intensificando a permanência de ar quente e seco em parte do país.

Por outro lado, segundo especialistas, a frequência de eventos extremos aponta o rastro de mudanças climáticas na intensidade de chuvas e do calor. Eles explicam que o fenômeno de ondas de calor se refere ao fato de a primavera ainda ser uma estação de transição, antes da chegada do verão, mais chuvoso.

Sem chuva, também não há o alívio momentâneo das temperaturas. O papel do El Niño é justamente reforçar esse bloqueio com a mudança de correntes de ar, a partir do aquecimento das águas que também altera a circulação na atmosfera, que mantêm frentes frias estacionadas na região Sul.

Confira aqui os municípios que estão sob alerta amarelo:

Água Branca

Batalha

Belo Monte

Cacimbinhas

Canapi

Carneiros

Craíbas

Delmiro Gouveia

Dois Riachos

Estrela de Alagoas

Girau do Ponciano

Igaci

Inhapi

Jacaré dos Homens

Jaramataia

Major Isidoro

Maravilha

Mata Grande

Minador do Negrão

Monteirópolis

Olho d’Água das Flores

Olho d’Água do Casado

Olivença

Ouro Branco

Palestina

Palmeira dos Índios

Pão de Açúcar

Pariconha

Piranhas

Poço das Trincheiras

Quebrangulo

Santana do Ipanema

São José da Tapera

Senador Rui Palmeira

Traipu

* Sob supervisão da editoria de Cidades.

Mais matérias
desta edição