app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5655
Cidades Guia Afro Informativo, que conscientiza a população sobre como identificar o racismo

PREFEITURA LANÇA GUIA DE CONSCIENTIZAÇÃO E COMBATE AO RACISMO

Guia destaca diferenças entre racismo e injúria racial e instrui o leitor a identificar atitudes diárias que podem se caracterizar como racismo

Por Da Redação | Edição do dia 17/11/2023 - Matéria atualizada em 17/11/2023 às 04h00

A Secretaria da Mulher, Pessoas com Deficiência, Idosos e Cidadania de Maceió e o Instituto Raízes da África lançaram nesta quinta-feira (16),o guia Afro Informativo, que conscientiza a população sobre como identificar, combater e denunciar o racismo.

Com o lema “A consciência de novembro é para valer o ano inteiro”, o guia destaca as diferenças entre racismo e injúria racial, bem como instrui o leitor a identificar atitudes diárias que podem se caracterizar como racismo.

Um dos destaques do guia é indicativo de expressões que são racistas, como “a coisa tá preta” e “inveja branca”. “A partir da fomentação do conhecimento é preciso, também, repensar conceitos e expressões, daí surge a necessidade social da sensibilização antirracista”, afirma Arísia Barros, coordenadora do instituto Raízes da África.

“Pretendemos agregar uma variedade de saberes diversos para enriquecer ainda mais nossa abordagem e promover uma gestão verdadeiramente inclusiva e comprometida com a equidade racial, afirma a secretária da Semuc Ana Paula Mendes.

O guia, que é distribuído pela Semuc nas ações da campanha Maceió é Massa Sem Racismo, também traz um teste para saber se o leitor é racista, com seis perguntas. Veja:

1 - Puxa a bolsa para a frente, como forma de proteção, ao ver que é uma pessoa negra que está caminhando

atrás de você?

2 - Coloca apelidos nas pessoas por conta das características físicas estéticas de cor e etnia?

3 - Considera a pessoa inferior intelectualmente por causa da etnia?

4 - Ofende e despreza costumes, hábitos e tradições da etnia?

5 - Põe em dúvida a honestidade e competência da pessoa, sem provas, por causa da etnia?

6 - Se recusa a prestar serviços às pessoas negras?

“Se marcou uma ou mais alternativas, é hora de repensar essa postura. São Práticas racistas”, orienta o guia.

Mais matérias
desta edição