app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5587
Cidades Foto: ©Ailton Cruz

MAIS DE 10 MIL DEVEM SUBIR A SERRA DA BARRIGA NESTA SEGUNDA-FEIRA

Dia da Consciência Negra será comemorado com programação especial, que inclui espetáculo teatral

Por regina carvalho | Edição do dia 18/11/2023 - Matéria atualizada em 18/11/2023 às 04h00

A expectativa para o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, é que mais de 10 mil pessoas subam a Serra da Barriga, em União dos Palmares, para conhecer e reverenciar a luta de Zumbi dos Palmares e do povo negro. Em todo o mês, o conhecido como solo sagrado da luta dos escravos do Brasil, deve receber mais de 20 mil visitantes.

Levantamento repassado pela Secretaria de Comunicação de União dos Palmares – com base em informações da Fundação Cultural Palmares – em 2021 no período pós-pandemia até 2023 houve aumento de quase 60% do número de visitantes na Serra da Barriga, reconhecida como Patrimônio Cultural do Mercosul em 2017.

“Geralmente a expectativa para o mês da Consciência Negra, só para o dia 20 de novembro, é que devem subir a Serra em torno de 10 a 15 mil pessoas. Durante a projeção do mês acredito que a gente tenha algo em torno de 20 a 25 mil pessoas que sobem a Serra ”, destaca o secretário de Comunicação de União, Leonardo Bastos.

A parceria que envolve o governo de Alagoas, a Prefeitura de União dos Palmares e a Fundação Cultural Palmares promete dias memoráveis na cidade que abriga importantes fatos históricos do Brasil e proporcionará espetáculos e encontros para celebrar o Dia da Consciência Negra.

PREPARAÇÃO

“Posso garantir que não só a Serra da Barriga como toda a cidade está bastante integrada junto com a Fundação Palmares e com o governo de Alagoas para receber essas manifestações da melhor forma possível, desde a infraestrutura, limpeza urbana, mobilidade”, destaca o secretário de Comunicação de União dos Palmares.

Leonardo Bastos cita ainda a recuperação do trecho que leva à Serra da Barriga, que recebe melhoria de infraestrutura e retoque de sinalização. “Para poder proporcionar máxima segurança possível para quem for experimentar da experiência do solo sagrado da Serra da Barriga. Os estabelecimentos, hotéis, pousadas, graças a um trabalho de parceria do município e do Estado, receberam capacitação e oficinas para receber o turista da melhor forma possível”, completa Bastos.

“A própria cidade quando prepara uma programação artística e cultural ela também de certa forma se prepara para recepcionar quem vai participar das manifestações na Serra com a cultura da cidade, para ser acolhido com a cultura afro, de ancestralidade, de história, e todo significado que carrega a Serra em si”, finaliza o secretário.

Além do projeto Vamos Subir a Serra que já é uma tradição no calendário do Mês da Consciência Negra e da programação do 20 de novembro que envolve figuras ilustres, públicas e movimentos, ocorrerá espetáculo teatral recontando a história de Zumbi dos Palmares, do maior quilombo das Américas, sua trajetória, seus ideais e sua luta.

“É um espetáculo muito bonito, que está sendo planejado com muito carinho e cuidado, com objetivo de tornar a história mais conhecida e impulsionar nosso turismo afro em União. Ainda teremos lançamento de documentário recontando a historia de Zumbi dos Palmares, além de toda programação artística e cultural do município que está sendo executada nessa parceria Fundação Palmares e governo de Alagoas”, finaliza Leonardo Bastos.

REFERÊNCIA

O professor Danilo Marques, coordenador geral do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), lembra que 2023 marca o retorno da participação efetiva da Fundação Cultural Palmares na celebração do 20 de novembro e também os 25 anos da Fundação Palmares.

PROGRAMAÇÃO

A solenidade que marca a data da resistência – o Dia da Consciência Negra, 20 de novembro - terá programação especial na Serra da Barriga, em União dos Palmares.

A Prefeitura de União dos Palmares divulgou que haverá a apresentação do espetáculo teatral Zumbi Vive, contando a história do Quilombo dos Palmares e suas principais lideranças. A peça mostrará os principais fatos históricos de Palmares, desde a sua fundação até a batalha final e o legado deixado pelos heróis quilombolas.

Mais matérias
desta edição