app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Cidades

MP arquiva representa��o contra concurso da Sa�de

O procurador-geral de Justiça do Estado, Lean Araújo, arquivou ontem a representação impetrada pelo Sindicato dos Médicos contra o concurso da Saúde. O Ministério Público entende que o Edital está claro ao definir os critérios para seleção das diversas ca

Por | Edição do dia 01/05/2002 - Matéria atualizada em 01/05/2002 às 00h00

O procurador-geral de Justiça do Estado, Lean Araújo, arquivou ontem a representação impetrada pelo Sindicato dos Médicos contra o concurso da Saúde. O Ministério Público entende que o Edital está claro ao definir os critérios para seleção das diversas categorias. O Sinmed questionou, entre outros, o fato de não haver critério mais rigoroso para profissionais que vão exercer atividades de emergência, como médicos do Pronto-Socorro. Não há no programa das provas avaliação sobre conhecimentos específicos em trauma nem pontuação para quem já exerce a atividade, conforme alegou o Sindicato. Somente na Unidade de Emergência Armando Lages o quadro de carências é de 891 vagas, sendo 384 para o nível superior, 318 nível médio e 187 para o nível elementar. Foram abertas também centenas de vagas entre Uncisal e a própria Secretaria de Saúde. No Pronto-Socorro, só no nível médio são 40 vagas para assistente administrativo, 106 para auxiliares de enfermagem, três para técnico de radiologia, duas para programador, 140 para técnico de enfermagem, 7 para técnico de laboratório, 12 para técnicos em radiologia e 8 para técnicos em tomografia. No nível elementar constam 7 artífices, 6 auxiliares de laboratório, 170 auxiliares de serviços diversos e 6 motoristas. O maior volume de vagas é para o nível superior.

Mais matérias
desta edição